quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Apóstola Ester Couto Canta Onde Jesus Mora

terça-feira, 26 de agosto de 2014

UM ALERTA AOS PASTORES


                             

  Esta acontecendo um fenômeno em nossos dias, e isso esta trazendo prejuízo à obra de Deus, alguns músicos estão fazendo de nossas igrejas palcos para seus shows, a titulo de adoração, não generalizo, digo alguns, e alguns deles não tem vinculo com igreja, não honram pastores, não respeitam autoridade de Deus sobre nossa vida, quando preciso se fazem de vitima e fingem ser ovelha, sabem ate o que dizer quando necessário. Como eles agem; eles aparecem em nossa igreja, toca o período do louvor e quando saem levam os nossos músicos e começam a carrega-los de igreja em igreja, chegam a tocar em ate três cultos por dia, na escola dominical não comparecem, na hora da mensagem saem, e saem na cara sem respeito algum aos obreiros da casa de Deus, quebram os instrumentos, deixam o ambiente sujo, eu acredito que o Espírito de Deus não esta atuando nessa irreverência com a casa de Deus, nós pastores precisamos rever isto em nossa igrejas, devemos apoiar a juventude, sim, devemos apoiar, mas não podemos permitir que eles com suas irreverências nos levem a responde por negligencias diante de e Deus, lembremos do sacerdote Eli.

sábado, 23 de agosto de 2014

VOTE COM INTELIGENCIA

                    Eu não voto num candidato porque ele é contra aborto, casamento gay ou uma dessas balelas que estão sendo usada para discutir política, eu voto no candidato que pensa no Brasil, economia, educação, saúde, infraestrutura, emprego, afinal de conta independente de quem quer que seja, os gays vão continuar casando, as mulheres sem sentimento materno vão continuar abortando, nada disso muda, quero mandar um recado aos evangélicos, é burrice essa batalha política patrocinada pelos candidatos evangélicos, eles estão fazendo disso a sua bandeira para se elegerem, o poder do evangelho não esta submetido a política nacional, para Deus a família é homem, mulher e filhos, os que temem a Deus vão se portar assim, não adianta querer obrigar o outro se ele não teme a Deus, e na maioria da vezes nem acreditam na existência de Deus, parem com isso, cada um dará conta de si mesmo.
                 
                    A realidade é a seguinte, o problema do Brasil não é só o casamento gay, o aborto, o Brasil tem problemas seriíssimos. A inflação esta de volta, a economia esta fragilizada, a saúde esta doente, a educação é um engodo, as indústrias estão quebrando, as estradas estão em péssimas condições para extrair a safra, segurança pública não existe, o crime toma conta do pais, a corrupção é generalizada e estatizada, o governo esta sustentando vagabundos, milhares de pessoas vivem de bolsa família e não querem mais nada, essa é a política desse governo, manter as pessoas estáticas na pobreza com o pires na mão para ter o voto delas e se manter no poder, o pais não avança, e os evangélicos preocupados com aborto e casamento gay, aborto sempre existiu e sempre vai existir, se as pessoas não temem a Deus, com lei ou sem lei ela continuarão cometendo esse assassinato de indefesos, os gays existem desde que o mundo é mundo, com lei ou sem lei eles estão construindo vida a dois, casamento não é papel, casamento é duas pessoas compartilhando suas vidas um com o outro, que diferença faz um papel escrito, apenas serve para assegurar direito, e se os dois resolveram compartilhar a vida a dois é direito que se assegure direito a ambos, gente vamos pensar no Brasil, e não nas ideias de alguns que a 20 anos estão fazendo disso uma bandeira para chegarem ao poder também,e com o voto dos evangélicos.

            
               Quem teme a Deus e conhece os seus preceitos continuarão vivendo uma vida santa vale ai o texto de apocalipse que diz. - e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é santo, seja santificado ainda. (Apocalipse 22:11)

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

CUIDADO COM OS MERCENÁRIOS

- O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância (João 10:10).
Quem é o ladrão?
Neste capitulo do quarto evangelho, Jesus faz uma narrativa sobre o bom pastor, e ele mesmo se apresenta como o bom pastor. (João 10:11) - Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Más comumente quando nos referimos a este texto, colocamos a satanás como aquele que mata, rouba e destrói, virou uma mania entre os crentes atribuir ao diabo estas palavras ditas por Jesus, más numa leitura cuidadosa do texto vamos descobrir que não é dele “satanás” que Jesus esta falando, apesar de ele “satanás” esta por traz de tudo isso, alguém vai dizer; ele usa as pessoas, ele não tem esta prerrogativa se a própria pessoa não der legalidade a ele pra tal coisa.
O ladrão aqui esta bem claro e definido no texto, senão vejamos; (João 10:12) - Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas. Jesus esta falando de homens, vejamos quem são (II Timóteo 3)
 1) - SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. 2) - Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 3) - Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, 4) - Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, 5) - Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. 6) - Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; 7) - Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade. E não é o que muitos se tem feito no meio de nós, se dizem homens de Deus, pastores e bispos, (II Timóteo 2:18) - Os quais se desviaram da verdade, e perverteram a fé de alguns. Quantos estão vivendo verdadeira destruição em sua vida em virtude do desvio desses que fazem do evangelho meio de enriquecimento.
Jesus disse; Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância (João 10:10). Esses ladrões “mercenários” roubam tudo de suas vítimas, tiram-lhes a vida e destroem totalmente seus sonhos.
Quem é o ladrão?
O ladrão é aquele que mantém pessoas debaixo de julgo pesadíssimo, ladrão é aquele que ensina as pessoas a fazer sacrifício para obter aquilo que Deus dá gratuitamente, ladrão é aquele que ao invés de libertar as pessoas aprisionam com ideias que não há sustentação nas escrituras, ladrão é aquele que se aproveita do desespero das pessoas e tira tudo o que ela tiver, ladrão é aquele que ensina aquilo que as escrituras não ensinam.
A diferença entre o bom pastor e o ladrão
O bom pastor diz: - Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mateus 11:28).
O ladrão diz: tem que fazer isso, aquilo, assim e assim. Tem que guardar isso, aquilo e etc.
Precisamos aprender com quem aprendeu com o bom pastor, vejamos as palavras dele “Paulo” em I Corintios 11:1 - Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo. E vejam como ele imitava a cristo:
(Romanos 8:1) - PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Os ladrões dizem que você tem maldições hereditárias e precisam ser quebradas, veja o que o imitador de cristo disse; (II Corintios 5:17) - Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. Em cristo tudo se faz novo.
Continuemos; (Colossenses 2:14) - Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. 15) - E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo. 16) - Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, 17) - Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo. 18) - Ninguém vos domine a seu bel-prazer com pretexto de humildade e culto dos anjos, envolvendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão, 19) - E não ligado à cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo em aumento de Deus. 20) - Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: 21) - Não toques, não proves, não manuseies? 22) - As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens; 23) - As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne. Os ladrões tem uma lista de “não pode, e outras de obrigações” (Colossenses 2 :22) - As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens;

Meu irmão não seja enganado pelos  ladrões, leia a bíblia. 

segunda-feira, 30 de junho de 2014

TESOUROS NOS CÉUS

 Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração (Mateus 6:19,20,21)  
O que Jesus de fato esta ensinando aqui neste texto? Seria Jesus contra as riquezas? Será que Jesus esta falando de dinheiro? O que você acha? Toda vez que ouvimos a citação desse texto, ele esta sempre ligado a dinheiro, a riquezas, a bens, é um dos textos fundamentais da teologia da pobreza. É Interessante que; ate os ambiciosos na sua ganância pelo dinheiro com ar de piedade usam este texto para arrancar o dinheiro de pessoas simples, fazem sermões levando as pessoas a darem às vezes ate o que não tem, a troco de uma interpretação totalmente equivocada.
Jesus começa falando sobre não dá esmola para que os outros vejam, ou seja: o verdadeiro servo de Deus ele não toca trombeta, o que ele faz de bem ao próximo ele faz sem nenhuma demonstração, há pessoas que entendeu tão bem esta pratica de Jesus que quando quer fazer o bem a alguém, manda outro levar de forma discreta e não dizer quem mandou porem aqueles que não entenderam essa prática de Jesus quando fazem alguma coisa a alguém, toca trombeta, faz pra todo mundo vê e divulga pra todos saber, Jesus diz, quando fizeres não deixe ninguém saber que você fez.
Jesus continua e agora ele vai ensinar, quando orares, ores sozinho, em pensamento, ninguém precisa ouvir a sua oração senão teu pai celestial. Quantas pessoas faz questão que o outro ouça a sua oração, Jesus chamou de fariseu (hipócrita) Jesus fala que não devemos ficar repetindo palavras, mostrando que nossa oração deve ser objetiva, e em seguida Jesus vai deixar para seus seguidores um modelo de oração que muitos insistem em fazê-la uma reza.
Na oração do pai nosso, Jesus começa abrir para aqueles que conseguem entender o que de fato ele veio fazer entre os homens, Jesus veio trazer o governo de Deus, o governo do céu, nessa oração esta a expressão “seja feita a tua vontade, aqui na terra como é no céu”  aqui esta o segredo que poucos  conseguem enxergar, que Jesus veio trazer um reino diferente de tudo o que há aqui na terra, só quem consegue entender isso vai entender o que ele quis dizer quando disse, “o meu reino não é desse mundo”
Paulo entendeu logo, ao ler Colossenses 3:1 - PORTANTO, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. 2) - Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;  entendemos de que reino jesus estava falando, Jesus é o rei, o rei da glória Salmos 24:8 - Quem é este Rei da Glória? O SENHOR forte e poderoso, o SENHOR poderoso na guerra. E o seu reino não é deste mundo “mundo sistema” sistema de coisas, pensamentos, projetos, ideias, as coisas aqui na terra não funcionam como no céu, e Jesus veio trazer o funcionamento do céu, e tudo diferente, quem é da terra não ama, que é do céu ama, quem é da terra é injusto, más quem é do céu é justo, quem é da terra pratica as coisas da terra, más quem é do céu pratica as coisas do céu, não se compara o reino do mundo como o reino do céu, reino do céu não é futuro, reino do céu é hoje, é aqui e agora, (Mateus 4:17) - Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. (Lucas 17:21) - Nem dirão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali; porque eis que o reino de Deus está entre vós. O reino de Deus, ou o reino dos céus não vai chegar já chegou!!!
O reino de Deus já chegou, já esta entre nós, e é exatamente isso que Jesus esta falando, invista no reino de Deus e não no reino da terra, é preciso entender que a expressão reino dos céus e reino de Deus são a mesma coisa, é o mesmo reino, apenas Mateus como judeu prefere usar céus em lugar de Deus, quando que Marcos e Lucas que não eram judeus disseram Deus!  Más ambos estão falando de uma mesma coisa, reino dos céus ou reino de Deus significa “governo de Deus” Jesus veio trazer o governo de Deus aos homens, a vontade de Jesus que os homens sejam  governados por Deus.

Quando Jesus diz: Não ajunteis tesouros na terra, Jesus esta dizendo, não invista nesse reino injusto, nesse reino onde satanás é o governo, más invista tudo o que você puder no reino que é governado por Deus, ou seja, acumule riquezas no reino que é de cima, e não no reino que é debaixo, o reino de baixo é corrupto, injusto, opressor, pecaminoso, é um sistema de morte, as pessoas não amam, as pessoas se matam, tudo que Deus abomina pertence ao reino da terra, então Jesus esta dizendo, vocês não são deste mundo (João 17:16) - Não são do mundo, como eu do mundo não sou. Eu não pertenço a este mundo, você não pertence a este mundo, portanto não invista neste mundo, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração (Mateus 6:19,20,21)  se você se envolver com esse mundo, isto significa que você pertence a este mundo, logo o teu coração pertence a este mundo. Pensar nas coisas que são de cima significa que; tudo o que você fizer é segundo o padrão do céu e não conforme o padrão da terra esse é o sentido da palavra.

sábado, 28 de junho de 2014

O QUE FAZER PARA PROSPERAR

A teologia da prosperidade tem duas parceiras, a batalha espiritual e a angustia da alma. Todos aqueles que absorveram a teologia da prosperidade, submeteram-se a teologia da batalha espiritual e trouxeram para si a angustia da alma.Começa assim, muitos não se qualificaram para a vida, por isso decidiram-se serem prospero de forma milagrosa, apelaram para o sobrenatural, com isso entraram em batalha espiritual (parceira da teologia da prosperidade) e nessa batalha espiritual para através do sobrenatural alcançar a prosperidade trouxeram para si a angustia da alma, pois todos que lutam para ter, são acometidos da angustia.

(I Timóteo 6:7) - Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. 
8) - Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. 
9) - Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. 
10) - Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. 
11) - Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão. 

quarta-feira, 25 de junho de 2014

O QUE POSSO FAZER PARA SER ABENÇOADO?

Pense nisso!
Na velha aliança (velho testamento) Deus fez um pacto com Abraão, e a todos quantos Deus abençoava, Ele dizia "Como jurei a meu servo Abraão"
       
Os textos bíblicos são claros, Deus abençoava por amor a A abraão e não por méritos dos que eram abençoados.

Na nova aliança (novo testamento) Deus fez um pacto com Jesus "seu filho, seu servo" e agora Ele nos abençoa por amor a Jesus, seu filho.

(Gálatas 3:26) - Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. 
27) - Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo. 28) - Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. 29) - E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa. 

Não mereço nada, jamais merecerei, não há nada que eu possa fazer para merecer alguma coisa de Deus.

(Efésios 2:8) - Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9) - Não vem das obras, para que ninguém se glorie; 10) - Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas. 

sexta-feira, 13 de junho de 2014

A DOUTRINA DO PECADO ORIGINAL.



O pecado original é uma doutrina cristã que pretende explicar a origem da imperfeição humana, do sofrimento e da existência do mal através da queda do homem. 1 Tal doutrina não existe no Judaísmo2 nem no Islamismo.3 Foi desenvolvida por bispo Irineu de Lyon (ca. 130 — 202), em sua controvérsia com o dualismo do Gnosticismo.
A doutrina do pecado original se apoia em várias passagens das Escrituras: a epístola de Paulo aos Romanos (5:12-21) e aos Coríntios (1 Co 15:22), e uma passagem do Salmo 51. Mas primeira exposição sistemática sobre o pecado original - de cuja interpretação derivaram todas as controvérsias - é a de Agostinho de Hipona, no século IV 4 . Foi também no século IV que se deu a conversão do Império Romano ao catolicismo. Segundo Le Goff, o dogma do pecado original teria contribuído para aumentar o poder de controle da Igreja sobre a vida sexual, na Idade Média. 5
Segundo a doutrina, os primeiros seres humanos e antepassados da humanidade, Adão e Eva, foram advertidos por Deus de que, se comessem do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, certamente morreriam. No entanto, instigados pela serpente, ambos comeram o fruto proibido, tendo Eva cedido primeiramente à tentação e posteriormente oferecido o fruto a Adão, que o aceitou. Ambos continuaram vivos, mas foram expulsos do Jardim do Éden. Existem polêmicas quanto ao significado real dessa narrativa, bem como em que se constituiria tal pecado, se é que seria realmente algum. Algumas denominações cristãs recentes chegam mesmo a negar a sua existência. Na perspectiva cristã, contudo, a morte (imerecida) de Cristo é recorrentemente suposta como necessária para salvar os seres humanos desse "pecado de origem", que seria congênito e hereditário.
Nenhum trecho bíblico traz esclarecimentos que possam colocar fim a essa que é uma das maiores questões do cristianismo. As doutrinas a respeito do pecado original têm sido historicamente um dos principais motivos para o surgimento de heresias e para os cisma entre os cristãos, desde os primeiros séculos da era cristã. Várias interpretações divergentes sobre o significado da narrativa contida no livro do Gênesis foram dadas por teólogos, antropólogos e psicanalistas.
Cristianismo
A questão do pecado aparece no cristianismo principalmente em Agostinho de Hipona (Santo Agostinho), que associa o pecado à culpa herdada por todo o gênero humano depois que Adão e Eva sucumbiram à tentação do Diabo e, devido ao seu orgulho e egoísmo, rejeitaram o amor e a obediência devida a Deus. Assim sendo, o pecado original tem para Agostinho um caráter congênito e hereditário, pois em Adão toda a humanidade pecou, abrindo as portas para a entrada do mal, da morte física e espiritual e de todas as suas consequências.
Surge então a questão do PelagianismoPelágio (360 - 435) vê no pecado uma espécie de exemplo a não ser seguido, o que faria com que a salvação dependesse exclusivamente do ser humano. Segundo Pelágio o pecado não seria congênito nem transmitido, mas seria adquirido por imitação. Para Pelágio, o homem nasceria bom e inocente. Agostinho discorda dessa tese e vê nas doutrinas pelagianas a manifestação da presunção humana que erroneamente levaria a supor que a salvação depende apenas de nossa vontade, de nossos próprio atos, escolhas e obras, negando o caráter salvador e redentor de Jesus Cristo. A visão agostiniana do pecado original foi herdada por todo o cristianismo ocidental e está presente em todas as denominações cristãs históricas católicas ou protestantes.
A semente da serpente
A semente da serpente é uma nova revelação doutrinária sobre a questão do pecado original. Esta nova revelação foi recebida por um evangelista americano que viveu no século XX (1909 - 1965), chamado William Marrion Branham. Baseado em tradições apócrifas judaicas e gnósticas, Branham afirmava ter recebido a revelação particular de que o Pecado Original teria sua origem no fato de Eva ter copulado com a serpente, a qual introduzira nas gerações humanas sua semente, dando origem a posteridade de Caim, a qual contaminou toda a humanidade.
Judaísmo e Islamismo
Para o Judaísmo e o Islamismo, não há pecado original. Judeus e muçulmanos adotam a doutrina pelagiana, embora segundo a doutrina muçulmana todos os seres humanos ao nascerem sejam tocados pelo Diabo.
Exceções
Todas as religiões cristãs compartilham a crença de que Jesus Cristo nasceu sem o pecado original. Sua natureza era em tudo igual à humana com exceção do pecado.
A Igreja Católica Romana, no século XIX, mais precisamente no ano de 1854 através do Papa Pio IX acrescentou a seus dogmas mais uma exceção, a Virgem Maria, mãe de Jesus, que teria sido concebida sem o Pecado Original: é o dogma da Imaculada Conceição. Segundo este dogma, a Virgem Maria teria sido preservada desde sua concepção de toda contaminação do Pecado Original devido a providência divina, pois ela haveria de ser a Mãe de Jesus Cristo. Esta doutrina de origem Franciscana data da Baixa Idade Média, tendo sido combatida enfaticamente por grandes expoentes da doutrina católica especialmente pelos Dominicanos entre os quais São Tomás de Aquino e pelo Cisterciense São Bernardo de Claravaux.
O Islamismo afirma que a Virgem Maria não foi tocada por Satanás ao nascer.
As Igrejas Ortodoxas Orientais afirmam que a Virgem Maria nasceu com o Pecado Original. Entretanto, ela foi preservada devido a graça divina de todo e qualquer pecado atual, até ser completamente purificada do Pecado Original quando se deu a encarnação do Verbo durante a Anunciação.
Psicanálise
Na perspectiva psicanalista foi sugerido que o pecado mencionado no Gênesis teria sido o ato sexual. Esta explicação não encontra, contudo, raízes nas tradições judaicas pré-cristãs, em que a união carnal entre o homem e a mulher foi estabelecida por Deus. Entretanto se o pecado original fosse o ato sexual, Deus mesmo teria induzido o homem ao pecado, quando ordenou, crescei, multiplicai e enchei a Terra.
Segue-se uma das explicações "antropológicas" (entendida no contexto de que o livro sagrado pretende a apresentação de uma explicação ou uma construção explicativa das origens do universo, do nosso mundo, da humanidade, da civilização em geral e da hebraica em particular, e por fim das origens do bem e do mal): Até atingir a fase da "civilização" o homem vivia no "estado de natureza", em oposição ao "estado de cultura", explicação essa totalmente compatível com o evolucionismo darwinista. O comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal seria o divisor de águas, ou seja a ruptura da comunhão entre o ser humano e a natureza. A partir de então o homem passou a reconhecer-se como separado e independente da natureza, adquirindo consciência de sua morte e finitude, adotando valores, crenças e objetivos independentes da natureza. Deu-se a traumática transição do animal para o hominal, como definia Teilhard de Chardin.
Como consequência, o homem se envergonhou da nudez, tomou consciência da morte e da mortalidade, e passou a trabalhar para acumular.
O texto ainda lança uma espécie de enigma da transcendência: a árvore da vida com seu fruto, impedida ao homem pelas espadas flamejantes de querubins. Não se trata, evidentemente, de frutas nem árvores, mas de um simbolismo espiritual cujo significado vem desafiando a humanidade ao longo dos milênios: o desejo de viver eternamente. 

Referências



1Oxford Dictionary of the Christian Church (Oxford University Press 2005 ISBN 978-0-19-280290-3), article Original Sin
4.   Encyclopædia Universalis"Péché originel"
5.   LE GOFF, Jaques; FRUONG, Nicolas. Uma história do corpo na Idade Média. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.



DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem

   
ORA, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. - E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.- E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra (Gênesis 12:1,2,3) . 

     Abraão foi escolhido por Deus para uma grande missão, de Abraão nasceria uma nação da qual sairia o salvador, Abraão o grande líder chamado por Deus,  Deus o faz promessas as quais todas se cumprem e uma das promessas feita ao líder Abraão é esta "E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem"

   Não foi diferente com Moises, o segundo grande líder, ele tinha a benção de Deus e quando alguns se levantaram contra Moises sofreram o peso da mão de Deus, sua própria irmã Miriam provou, isso sem falar dos dois rebeldes que a terra os engoliu com seus insurretos.

     Ainda nos dias de hoje muitos estão debaixo da maldição por não honrar, não obedecer seus lideres espirituais.

Eu disse líderes espirituais, aqueles que foram de fato chamados por Deus para liderar.

Muitos se tem feito lideres, a esses Deus os chamará para um acerto de contas.

sábado, 31 de maio de 2014

O BRASIL DA MENTIRA

         
   No Brasil a política é interessante, interessante pelo fato de se viver uma cultura absolutamente perversa e pervertida com uma dose muito forte de inversão de valores, começa pela inexplicável eleição daqueles que não tem o mínimo requisito para ser eleito ou representar o nosso povo, na verdade algumas eleições são de fatos inexplicáveis pelo fato de alguns cidadãos da sociedade não mostrar nenhuma expressão de popularidade e aparecer com números de votos que assusta, parece mágica, eu pessoalmente fico pasmo diante de tanto ilusionismo nas eleições, o que quebra minha cabeça é tentar entender a volta de certos políticos a mesma cadeira depois de um escândalo vergonhoso, sabe é complicado entender estas coisas, as ate ai tudo bem, existe as manobras, as manipulações, as trocas de informações, mas o que me cama muita a atenção é como conseguiram de forma espantosa implantar em nossa nação um determinado jogo de interesse usando a mentira.
          
             Por exemplo: na política brasileira, a mentira se tornou absoluta senhora do sistema, eu ousaria dizer que na política brasileira tudo é mentira, nada ou quase nada é verdade, começa pelas promessas, mesmo aquelas que aparentemente são cumpridas, no fundo é uma mentira, o governo diz ter o controle da inflação, camufla-se os números, cria-se situações e o povo bate palma, o lula diz que o SUS é um modelo de saúde de dá inveja aos Estados Unidos, levei tempo pra abstrair de que SUS lula falava, na verdade se tratava do SISTEMA ÚNICO SIRIO-LIBANES, se o SUS é um modelo a ser importado para os EUA porque ele não fez uso do mesmo, será que ele não confiava em seus funcionários da área da saúde, isso é só um exemplo das mentiras que se tornaram estatais em nosso pais, a mentira esta tão arraigada no sangue do brasileiro que o que é verdade vira mentira e a mentira vira verdade, é uma verdadeira inversão de valores.


             Agora isso é interessante; na política brasileira é assim, se acontece, coisa que é rara nesta nação, algum político fazer alguma coisa boa, a oposição vai trabalhar arduamente par denegrir a imagem daquele político, você consegue ver isso bem perto de você, no seu bairro, tem aquele político que nunca fez nada, quando ele perde o mandato, se o outro resolver fazer alguma coisa, o que perdeu vai dedicar os quatro anos seguintes criticando aquele que esta agora tentando fazer alguma coisa. Moro numa cidade onde um populista não fez quase nada durante seu mandato, o pouco que fez foi com ajuda de outros políticos superiores, no que foi traído pelo mesmo, esse populista perdeu o mandato e o outro fez nada mais nada menos que umas  cem vezes mais que ele, mas mesmo assim era fácil encontrar o camarada nas ruas trabalhando contra o outro, mesmo as coisas acontecendo na cara dele, é incrível isso, sabe qual o resultado disso, o povo se configurou a mentira, quando você dia que alguém fez, e no caso fez mesmo, o povo pensa que é mentira, você diz “fulano roubou” o povo diz é mentira,só pra eu não votar nele; assim esta o povo.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.

(Mateus 4:17) - Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.

         Enganam-se os que pensam que esta mensagem é para os incrédulos, esta mensagem de Jesus é também para os incrédulos, mas na verdade esta mensagem é direcionada aqueles que pensam que são, mas não são, como disse Jesus em Mateus 7:21 - Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
         O alvo desta mensagem era o povo de Israel do tempo de Jesus, pois pensavam que eram os escolhidos de Deus e vem Jesus e lhes convida a mudar de direção “arrependei-vos” esta palavra tem o sentido de mudança de direção, arrepender é: voltar-se, deixar de fazer algo, da meia volta, Jesus esta dizendo ao povo de sua época, vocês estão indo na direção errada, mude a direção, venha caminhar na direção certa; - Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim (João 14:6).
           Porque Jesus os convida a arrepender-se? Eles se achavam os escolhidos de Deus, pensavam estar na verdade, quando na verdade caminhavam na direção contraria em relação aquilo que Deus verdadeiramente queria deles. Não é diferente de hoje, milhares de pessoas estão lotando os templos se dizendo povo de Deus, mas na verdade estão como Israel, andando na direção errada.
        A mensagem era para o povo de Israel, vejamos:  Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos; Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel (Mateus 10:5,6); a ordem era não ir pelo caminho dos gentios e nem entrar na cidade dos samaritanos, o alvo de Jesus era primeiro o seu próprio povo, não diferente dos dias de hoje essa mensagem continua tendo como alvo o povo de Jesus.
          A igreja de hoje tem perdido o rumo em direção ao evangelho, estamos caminhando em direção oposta, por isso Jesus esta nós convidando a “dar meia volta” arrepender-se e voltar-se para o evangelho de Jesus, deixando de lado a religiosidade, a crença nas coisas inanimadas, as misturas que começaram com Constantino no lV século, quando o cristianismo tornou-se religião oficial do império romano, daí a invasão por homens, costumes, crenças, dogmas e outros fatos que não estão de acordo com o evangelho de Jesus.

       Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus: O reino de Deus esta entre nós, ele é real, é hoje e não apenas futuro, mas a igreja que é uma agencia propagadora desse reino, nem ela mesma tem vivido esse reino na forma integral, isso se dá por alguns motivos.

Primeiro: A igreja escatologisou o reino. O reino que é não só futuro, mas agora, foi entendido pela igreja como algo futuro, daí a esperança de uma redenção quando na verdade nós já somos redimidos, - Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus (I Corintios 6:20). Eu fui comprado, não me pertenço, e devo viver agora segundo os preceitos daquele que me comprou; - Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens (I Corintios 7:23). já não estou mais a serviço dos homens mas daquele que me comprou, e quando se compra alguma coisa, obrigatoriamente se provoca mudanças em relação aquilo que se comprou, você vai a uma agencia e compra um carro, obviamente que você vai levar aquele carro para a sua casa e ele estará a sua disposição para lhe servir naquilo e onde você precisar de usá-lo, da mesma forma, nós ao sermos comprados, redimidos por Jesus fomos tirados de um lado para o outro;  - O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor (Colossenses 1:13); veja; fomos transportados de uma lugar para outros, saímos das trevas para a luz.

Segundo: a igreja abriu as portas para as misturas. - Mas agora, conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo quereis servir? (Gálatas 4:9) veja a igreja de Gálatas depois de conhecer a Deus, pela palavra do evangelho anunciado por Paulo, estavam voltando atrás, e trazendo para dentro da igreja os rudimentos que Paulo vai chamar de fracos e pobres, e a igreja de hoje caminha na mesma direção, esquecendo das verdades do evangelho e trazendo para dentro os rudimentos fracos e pobres que nada tem com o evangelho de Jesus cristo.

          Vejamos algumas idéias introduzidas na igreja hoje que nada tem haver com o evangelho de cristo;
JUDAISMO: Se uma igreja se identifica como cristã, ela não pode introduzir em sua crença nada que venha do Judaísmo, pois o cristianismo nada tem haver com o judaísmo, as praticas do judaísmo não são coerente com o cristianismo, por exemplo; Jesus celebrou sua ultima páscoa, e instituiu a ceia como um memorial de sua morte, a páscoa é uma celebração Judaica, exclusivamente do povo Judeu, tem a ver com a saída dos Judeus do Egito, é uma tradição para que nenhum judeu esqueça que foram escravos no Egito e Deus os libertou, esse é o sentido da páscoa para os Judeus, é por isso que eles celebram a páscoa, eu não sou Judeu, eu nunca fui escravo no Egito, portanto não tenho que celebrar páscoa, a páscoa não é um evento religioso, mas uma lembrança para os judeus do tempo do cativeiro Egípcio.

            Nós celebramos, não anualmente, mas todas às vezes, a ceia do senhor que é um memorial de sua morte na cruz, morte que através do sangue derramado nos comprou e nos transportou do reino das trevas para o reino da luz. Fazendo um paralelo o Reino das trevas pode simbolizar o Egito, e o reino da luz a terra prometida. Então a igreja de Jesus celebra a ceia, e não a páscoa, mas as igrejas por conveniência incorporaram essa tradição judaica e sua crença e há os grandes que defendem, eles defendem por que a coisa esta enraizada em suas igrejas eles tem medo de perder o povo, mas biblicamente a igreja de Jesus não celebra nenhuma festa judaica.
(Colossenses 1:23) - Se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé, e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro.
27) - Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória;
(Colossenses 2:4) - E digo isto, para que ninguém vos engane com palavras persuasivas.
5) - Porque, ainda que esteja ausente quanto ao corpo, contudo, em espírito estou convosco, regozijando-me e vendo a vossa ordem e a firmeza da vossa fé em Cristo.
6) - Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele,
7) - Arraigados e edificados nele, e confirmados na fé, assim como fostes ensinados, nela abundando em ação de graças.
8) - Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;
16) - Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,
17) - Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.
18) - Ninguém vos domine a seu bel-prazer com pretexto de humildade e culto dos anjos, envolvendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão,
19) - E não ligado à cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo em aumento de Deus.
20) - Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como:
21) - Não toques, não proves, não manuseies?
22) - As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens;
23) - As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.

Em outro momento continuaremos o assunto


sábado, 5 de abril de 2014

A verdadeira igreja de Jesus

- Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela (Mateus 16:18);

   Infelizmente a maiorias de nós entendemos esta afirmativa de Jesus fora do seu verdadeiro contexto, talvez porque a maioria de nós; não raciocinamos, não pensamos, não questionamos, não abstraímos, apenas aceitamos pacificamente tudo que se é ensinado tanto nas instituições principalmente nas igrejas, temos hoje um povo domesticado, totalmente alienado, fora da história, comendo o que se coloca no prato e ainda dizendo aleluia.

         Quando se prega ou ensina o texto de Mateus 16, 18 é comum entre a maioria se mostrar uma igreja que afrontada, confrontada, atacada, daí uma das celebres expressões “o mundo esta entrando na igreja” na verdade o mundo nunca entrou na igreja, e nem nunca entrará, pois a igreja do texto de Mateus não é nem de longe a igreja que se prega, a igreja que se prega o mundo sempre esteve lá, mas a igreja do texto de Mateus é uma igreja diferente, essa igreja tem a garantia que o mundo nunca prevalecerá contra ela.

Primeiro; Vejamos a definição desta igreja; edificarei a minha igreja, Jesus não esta falando das multidões de igrejas que existem nesse planeta, ela não fala da igreja do bispo tal, pastor tal, das denominações, dos ministérios, das visões, não! Nada disso, Jesus esta falando da igreja que como definição “DELE” Ele disse; edificarei a minha igreja, a igreja que se prega não é nem de longe a igreja de Jesus, pode ser de qualquer outro, manos de Jesus.

Segundo; a igreja pregada hoje é uma igreja passiva que assiste passivamente toda a investida do inferno contra ela, esta igreja, seus lideres não só a mantém passiva como a maioria deles estão envolvidos nas situações, exemplo disso; os gabinetes dos políticos estão cheios de lideres evangélicos que em troca de algum beneficio mantém o povo na passividade. Infelizmente a maioria dos lideres aprenderam a fazer um tipo de culto, e ai já se acham pastores e bispos, e não querem estudar, segundo eles a "LETRA MATA" não sabem nem o que estão dizendo, pois com uma simples pesquisa descobririam que na historia da igreja, a queda dessa igreja que ai esta se deu exatamente quando Constantino legalizou o cristianismo como religião do império romano, quando isso aconteceu a igreja que ate a chegada de Constantino ao poder era perseguida, daí ela passa e ser perseguidora obrigando todos serem cristãos, com isso todo tipo de pessoas veio para dentro da igreja, homens que não tinham temor a Deus, não se converteram ao senhor, mas como ser cristão era receber regalias na época, então a igreja se fundiu com o estado e daí pra cá é isso que se vê, uma igreja decadente e longe daquela que Jesus chama de “MINHA IGREJA”

           Diferente da igreja que ai esta, passiva, atacada, invadida, comprada pelo dinheiro, dominada pelos gananciosos, doutrinada pelos mercenários, a igreja de Jesus é uma igreja que tem outra cara.

          Quando Jesus disse; edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela (Mateus 16:18); Jesus não esta falando de uma igreja que seria atacada, sim a igreja de Jesus nunca será atacada, porque ela é uma igreja que ataca, e quando alguém esta atacando ele não permite que o inimigo tenha condição de atacá-lo, imagine quando um general de guerra se levanta contra os inimigos, primeiro ele traça a estratégia da guerra, e uma das formas de se vencer uma guerra é surpreender o inimigo de forma que ele não consiga contra-atacar, é um ataque fatal, assim é a igreja de Jesus, Jesus é o general, o comandante, ninguém é mais sábio do que Jesus, ele é a própria sabedoria; - Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da terra(Provérbios 8:23). - Ele estava no princípio com Deus. - Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez (João 1:2, 3).ele tem todas as estratégias para a igreja “Dele” atacar e não ser atacada.

A igreja de Jesus é composta de todos os salvos que existem na face da terra, porem há uma reserva de Jesus; - Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus (Mateus 7:21). Somente os que fazem a vontade do pai entra no reino dos céus.

                Outra coisa interessante de se pensar é que; alem de a igreja que se prega não ser a igreja de Jesus, há uma outra questão a se observar. A igreja pregada é uma igreja que é atacada pelo inferno, e olha que o inferno tem prevalecido contra essa igreja; mas a outra coisa é que esta igreja espera um reino que ainda há de vir, enquanto que para a igreja de Jesus o reino já esta entre nós. 


- E, NAQUELES dias, apareceu João o Batista pregando no deserto da Judéia, E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus(Mateus 3:1, 2). –

     Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus (Mateus 4:17).

- Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel; - E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. - Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. (Mateus 10:6,7, 8).


Jesus disse que o reino de céu esta entre nós, mas a igreja pregada espera o reino que ainda há de vir.

           Veja o que disse Jesus; edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela (Mateus 16:18); edificarei, o verbo esta conjugado no sentido de continuidade, Jesus esta edificando esta igreja e você pode vir fazer parte dessa igreja, sai dessa igreja onde esta tudo dando errado e venha para a igreja que esta sendo edificada por Jesus, esta igreja o nome dela é “igreja de Jesus” ela não é uma instituição, ela não é uma religião, ela não tem CNPJ, convenção, ela não tem um prédio “templo” mas ela é um prédio, um edifício, esta igreja é composta por todos os salvos em cristo Jesus que é chamado, convocado para se levantar contra o inferno, e contra essa igreja as portas do inferno não prevalecerá, onde essa igreja chega o inferno sai.

         Inferno da saúde precária, inferno da falta de educação, inferno da corrupção, inferno do transporte desumano, inferno da inflação alta, inferno dos juros abusivos, inferno das injustiças contra os mais fracos... aonde esta igreja chegar todo e qualquer tipo de inferno não suportará.

Quando esta igreja que é pregada entender isso, esta nação não será mais a mesma. 


Faça suas criticas, fique a vontade, só não seja mau educado.

Seu comentário é bem vindo.






sexta-feira, 4 de abril de 2014

OS SONHOS DE DEUS

           
Ouço pessoas dizerem, os sonhos de Deus pra tua vida são os melhores! A pergunta é; Deus sonha? Veja bem, pra sonhar é preciso esta dormindo, e a bíblia mostra que Deus não dorme, (Salmos 121:4) - Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel. se ele não dorme, logo não pode sonhar. Dizer que Deus sonha é assemelhá-lo ao homem, é contrariar as escrituras que mostra que o homem é que foi feito a semelhança de Deus; (Gênesis 1:26) - E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.
            Deus não sonha, Deus realiza, Deus decreta, Deus traz a existência, Deus faz, Deus criou todas as coisas,
- E disse Deus: Haja luz; e houve luz (Gênesis 1:3).
- E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas (Gênesis 1:6).

(Salmos 148)
1) - LOUVAI ao SENHOR. Louvai ao SENHOR desde os céus, louvai-o nas alturas.
2) - Louvai-o, todos os seus anjos; louvai-o, todos os seus exércitos.
3) - Louvai-o, sol e lua; louvai-o, todas as estrelas luzentes.
4) - Louvai-o, céus dos céus, e as águas que estão sobre os céus.
5) - Louvem o nome do SENHOR, pois mandou, e logo foram criados.
6) - E os confirmou eternamente para sempre, e lhes deu um decreto que não ultrapassarão.

Portanto, Deus não sonha, nem pode sonhar, Deus faz.

(Mateus 5:45) - Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.



COMENTE.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

DEUS ESTA DE OLHO!

           
 Há um limite para as ações dos homens contra o seu próximo, interessante é que os que assim procedem não acreditam no diluvio que tragou a geração de Noé, os tais também não acreditam na destruição de Sodoma e Gomorra, feliz foi Nínive que ate o rei acreditou na mensagem do Profeta Jonas e assim escaparam da destruição.

O Brasil caminha para um momento sem precedentes devido a corrupção estatizada nesta nação, enquanto os políticos e grandes empresários esvaziam os cofres públicos, o pobre morre nos corredores dos hospitais, as crianças estudam em verdadeiras fossas, o trabalhador enfrenta transportes superlotados, o crime toma conta da cidade em todos os aspectos, o rico fica mais rico e o pobre cada vez mais pobre.

Deus esta de olho!!!

sábado, 18 de janeiro de 2014

TUDO SE FEZ NOVO

       
  Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.
2 Coríntios 5:17
           Esse é um dos textos que mais aprecio nas escrituras, pois o mesmo me apresenta a condição daquele que é recebido por Jesus, os que de fato são recebidos por Jesus, passam por uma completa mudança, as escrituras vai denominar essa mudança como; REGENERAÇÃO, Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, (Tito 3:5) Segundo o dicionário, Regenerar é o mesmo que; Restabelecer o que estava destruído, arruinado. Gerar ou produzir novamente. Revivificar. Reorganizar, reformar, melhorar. Restabelecer a atividade. Formar-se de novo: é exatamente isso que o evangelho de cristo vai provocar no individuo que vem para Jesus, ela passa por uma reforme geral, é como no computador que a gente formata o HD e re-configura o mesmo, mas agora para o nosso uso, assim é o homem que vem a Jesus, ele passa por uma formatação e agora estará a uso do seu novo gestor (Jesus).
          É bem verdade que essa nova configuração não acontece instantaneamente, num só minuto, essa re-configuração vai acontecer, paulatinamente, dia a dia. A partir do momento que as pessoas vêm a cristo e é aceita por Ele, e isso implica numa entrega total, sem reserva, então a partir desse momento se inicia o trabalho que será realizado especificamente pelo Espírito santo. O novo homem começa a ser moldado para uma nova vida em cristo Jesus.

         Voltando ao texto; Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é” é necessário que o fruto do espírito apareça nesse novo homem, Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Gálatas 5:22, essas qualidades, ou virtudes começam a ser vistas, operando através desse novo homem.