segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O PREÇO DO MILAGRE

          Jesus um dia encontra um homem que o surpreendeu, imagine! Alguém surpreender Jesus, mas isso aconteceu com um oficial da guarda romana, esse oficial foi ate Jesus pedir pela saúde de seu empregado, o que já me surpreende o fato de um patrão pedir pelo empregado, nos dias de hoje só se o empregado trabalha quase que de graça, mas não foi isso que surpreendeu Jesus, foi à fé daquele oficial romano, quando Jesus disse eu vou a sua casa curar seu empregado, aquele oficial romano imediatamente disse, não precisa Jesus, nada disso é preciso, basta o senhor dá uma ordem e a enfermidade do meu empregado vai embora, eu sei o que é autoridade, eu mando e os meus subordinados obedecem, o senhor tem muito mais autoridade que eu, basta uma palavra.

        Veja bem; aquele oficial romano recusou ate mesmo que o próprio Jesus fosse a casa dele, sob o pretexto de que não era digno, mas na verdade aquele oficial romano acreditava na palavra de Jesus. Basta uma palavra.
        Hoje se vende sabonete ungido, lenço ungido, água benta, toalhinha com suor, fita pra colocar no braço, patuá, galho de arruda, sal grosso, ate sessão do descarrego e desencapetamento e a ultima, caneta ungida pra concursos, daqui a pouco tem cigarro ungido pra deixar de fumar, cachaça ungida pra deixar de beber, maconha ungida pra deixar a dependência, ate porque já ouvi contar sobre unção no local da enfermidade, certo pastor de uma dessas lojas de milagres passou óleo ungido no... Pra ungir o útero da mulher que estava enferma no útero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo