quarta-feira, 20 de julho de 2011

DEUS PESA A MÃO?

          É complicada a teologia que defende um Deus de amor, mas que também é um Deus vingador; quando suas criaturas lhe obedecem Ele lhe dá tudo, mas quando suas criaturas lhe desobedecem ele ate mata, é claro que eu não estou falando no sentido geral das coisas, mas eu quero me referir não às criaturas, mas aos filhos de Deus, quem são os filhos de Deus? na teologia cristã, os filhos de Deus são aqueles que reconhecem e admite Jesus o filho de Deus como salvador de suas vidas como esta escrito; (João 1:12) - Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; este é o meio segundo a bíblia para uma criatura passar a ser filho de Deus, na verdade todos, absolutamente todos são criaturas, feitos pelas mão de Deus, mas aos que crêem em Jesus, e obedecem os seus ensinos, recebem o direito de se tornarem filhos de Deus, esta é uma questão que precisa ser esclarecida para muitas pessoas, mas a partir do momento e que uma pessoa passa a ser filha de Deus através de cristo, a verdade é que há uma mudança de tratamento entre Deus e esta pessoa, para esta pessoa agora, Deus se apresenta a ela como um pai, como um Deus que ama, um Deus de amor e não mais um Deus vingador, Deus não pode ter duas faces para com esta pessoa, isto faz parte da natureza de Deus,ser um Deus de amor no sentido mais completo da palavra, para com essa nova criatura.          
       O juízo de Deus é sobre aqueles que rejeitam a sua vontade, é sobre aqueles que lhe desobedecem deliberadamente, o juízo de Deus é sobre as criaturas que não lhe obedecem em condição alguma, mas apartir do momento que uma criatura ouve o seu chamado e entra num relacionamento com Ele, o juízo de Deus que esta sobre os desobedientes é retirado de sobre a vida dessa pessoa, Deus tem agora um novo modo de tratar com essa criatura, ela agora, não é mais simplesmente uma criatura, mas agora filho de Deus, ela será tratado como filho, e o tratamento de pai para filho é muito diferente.
           Todo pai trata o filho com amor, todo pai quer o melhor para o seu filho, veja o que Jesus disse sobre o relacionamento entre pai e filho; (Mateus 7:9) - E qual de entre vós é o pai, que se o filho pedir pão lhe dará uma pedra, E se pedir peixe, lhe dará uma serpente? Que pai faria isso com o filho, agora veja a análise de Jesus em relação ao pai terreno e o pai celestial; (Mateus 7:11) - Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem? Veja Jesus apresenta Deus como um pai bom, justo que ama seus filhos, mas como disse a escritor aos Hebreus; porque, que filho há a quem o pai não corrija? (Hebreus 12:7) Porque o Senhor corrige o que ama (Hebreus 12:6).
          A teologia do “Deus pesa a mão” é usada para criar nas pessoas uma guerra psicológica, é uma forma de impor uma vontade sobre a outra pessoa, uma forma de coagir, alguém cria um trabalho na igreja e quer que todos participem daí ele usa a arma, quem não vier, Deus vai pesar a mão, é uma forma usada por todos aqueles que querem alcançar um objetivo pessoal, mas não tem carisma, então apela para um Deus vingador, e isso vale para muitas outras situações dentro do contexto religioso.
           Onde esta a liberdade em cristo que pregamos em cristo? Que cristo é esse que liberta, mas ao mesmo tempo oprime? Sim, porque se a pessoa não coloca a igreja em primeiro lugar, Deus vai pesar a mão, o pai trabalha de segunda a sábado, domingo ele não pode ir com a família a um passeio, porque tem escola dominical, e se ele não for a escola dominical um domingo no mês, Deus vai pesar a mão sobre ele, pode ate sofrer um acidente se ele for ao passeio com a família, a mulher é levada a abandonar sua casa e seus filhos pra estar em reuniões de oração, visitas, eu não estou me colocando contrario a estes programas da igreja, não! Não pense isso, na minha igreja tem oração das mulheres, tem grupo de visita, mas se alguma delas não pode participar, seja de alguma, ou de toda programação, eu jamais vou oprimi La com a arma dos desalmados, ameaçando a, dizendo que Deus vai pesa a mão, as pessoas devem freqüentar todo e qualquer trabalho da igreja, por vontade própria, por amor, porque se sente bem fazendo, porque gosta, e não por pressão psicológica apresentando a ela um Deus carrasco. É dever de todo crente participar dos trabalhos de sua congregação, há uma orientação na bíblia, que o texto refere se ao pastor, ai o pastor toma esse texto para si, e aproveita pra oprimir os outros, é o texto de Hebreus 13:17 que diz; Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil. Veja o escritor fale não fazer o pastor sofrer, de modo que ele não faça a obra de Deus gemendo, e o pastor que faz a ovelha fazer a obra gemendo, será que não tem um texto pra ele? Tem; tem sim, e quem disse foi Jesus, (Mateus 7:12) - Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, se eu como pastor quero que minhas ovelhas não me façam sofrer, eu também não devo fazê-las sofrer, por isso que em muitos lugares se vê o trabalho sendo feito, mas não se vê resultados.
             O crente deve ter o prazer de esta nos trabalhos da igreja, ele não pode esta submetido a uma opressão, a uma obrigatoriedade, incrível como somos convenientes, vez por outra quando nos é conveniente, pregamos a célebre frase, não é por força, mas pelo Espírito de Deus, será que essa expressão não se aplica aos crentes em relação aos programas da congregação, observe os amigos que as igrejas que mais crescem hoje, são aquelas que não incomodam as pessoas, estas igrejas oferecem atrações musicais de qualidade, e pregações altamente estimulantes e as pessoas estão migrando para essas comunidades, é claro que a opressão esta lá, mas não de forma explicita, mas sutilmente psicológica, haja vista que os ofertórios dessas comunidades são demasiadamente opressivos, quem não dá uma oferta gorda, Deus fecha o céu sobre ele, às pessoas depois de um momento de adoração com cânticos e frases de efeitos emocionais, entram em pânico ao perceber que não tem como pagar por aquele espetáculo assistido ate aquele momento do programa, é triste como a opressão faz parte da vida dos crentes.


Deus é amor.


Falaremos mais sobre o assunto.


Ate já

5 comentários:

  1. Nesse caso não se pode fazer rebeldia deliberada contra Deus, Deus é autoridade e ele vai se impor, existem os salmos imprecatórios, para casos injustos que passam do limite e que precisa de intervenção. E há também o terrível dia do Senhor, profetizado tanto no AT e NT, dia em que Deus se levantará para assombrar a terra, como diz Isaías no Cap.2:19.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim amigo, claro, toda véz que se ultrapassa os limites determinados pel ajustiça de Deus, deis interfere, mas o assunto é o que eu vou chamar de banalização do juiso de Deus, o juizo de Deus é usado como ferramente de manipulação, ja viu " se voce nao vir a igreja amanha, deus vai pesar a mão, vai jogar voce no leito" Meu Deus!!! ai o irmao nao veio um culto, acontece um sinistro com ele, logo todos dizem "Deus pesou a mão" será isso verdade?

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Deus pesa a mao na vida de uma criança filha minha minha se eu sair da igreja porgue me maguaram e procurar outra para congregar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, absolutamente não, más é necessário que a irmã limpe o seu coração, não guarde ressentimento de forma alguma, seja forte e inteligente, vá a seu pastor comunique que você esta congregando em outra igreja e peça a benção dele, se ele negar é ele com Deus, é difícil fazer isso, más diante de Deus é muito importante, você não é obrigado a congregar onde não se sente bem, más saia na benção.

      Excluir

Seu comentário é sempre bem vindo