segunda-feira, 27 de junho de 2011

A IGREJA QUE TEM MEDO DE CADEIA.


PLC 122

             Às vezes eu me pego pensando em algumas situações que a igreja de Jesus esta vivendo no presente século, eu disse “a igreja de Jesus” e fico analisando as atitudes e decisões que muitos têm tomado, e quando eu olho para a história do povo de Deus, tanto Israel, como a igreja de hoje, eu vejo que estamos tomando caminhos diferentes, e a minha preocupação é se verdadeiramente estamos agindo segundo a vontade Deus, Jesus disse aos seus discípulos que as portas do inferno não prevaleceriam contra a sua igreja, é claro que o texto mostra uma igreja que avança, e não uma igreja que se defende, ou seja, Jesus disse que o evangelho chegaria aos quatro cantos da terra, porque nenhuma porta ficaria fechada a ponto de impedir que o evangelho fosse conhecido, agora o que me faz pensar é que Jesus disse que o evangelho, levado pela igreja “Dele” chegaria a todos os lugares, mas Ele “Jesus” não disse que todos receberiam, mas estamos agindo como se todos tivessem que aceitar o evangelho, isso é impossível.
           Olhando para o passado é só lembrar da historia de Ester, Mardoqueu e seu povo, quando Hamã conspirando contra os Hebreus leva o rei a assinar o decreto para exterminar todo o povo, no entanto não vemos na história que Ester e Mardoqueu tenha empreendido alguma manifestação publica para impedir a execução do edito do Rei, mas o que descobrimos é que Ester conclama o povo para um jejum, e convida o rei para um banquete, três situações acontecem naquele momento 1) o povo esta jejuando, 2) o banquete esta sendo preparado para receber o rei, 3) a forca para matar Mardoqueu também esta sendo preparada, e naquela noite enquanto tudo isso esta sendo preparado, Deus entra em sena e tira o sono do REI, o rei não dormiu aquela noite e no outro dia viu-se a providencia de Deus, quem mandou preparar a forca, foi enforcado na mesma.
             Imagine se Deus precisa que seu povo faça manifestações públicas, como costumam fazer os gentios, para conquistar aquilo que é de direito nosso, quando Golias estava afrontando o exercito de Saúl, Davi disse; Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo (I Samuel 17:26)? E quando Senaqueribe mandou cartas ao rei Ezequias, qual foi a atitude do rei?, Entrou no templo com as cartas e apresentou as cartas a Deus, qual foi o resultado? Então Isaías, filho de Amós, mandou dizer a Ezequias: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: O que me pediste acerca de Senaqueribe, rei da Assíria, ouviu. Esta é a palavra que o SENHOR falou dele: A virgem, a filha de Sião, te despreza de ti zomba; a filha de Jerusalém meneia a cabeça por detrás de ti. A quem afrontaste e blasfemaste? E contra quem alçaste a voz e ergueste os teus olhos ao alto? Contra o Santo de Israel? (II Reis 19:20 a 22) e quando o rei Jeosafá recebe a noticia sobre a multidão de gentes que vinham contra eles, qual foi sua atitude? Entrou no templo e foi orar ao Deus de Israel, qual foi o resultado? (II Crônicas 20:14) - Então veio o Espírito do SENHOR, no meio da congregação, sobre Jaaziel, e disse; Nesta batalha não tereis que pelejar; postai-vos, ficai parados, e vede a salvação do SENHOR para convosco, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o SENHOR será convosco. Deus é quem luta por nós.
           Veja o que Deus disse a Samuel a respeito da rejeição do povo - E disse o SENHOR a Samuel: Ouve a voz do povo em tudo quanto te dizem, pois não te têm rejeitado a ti, antes a mim me têm rejeitado, para eu não reinar sobre eles (I Samuel 8:7). Esse povo está rejeitado, não é a igreja, ou os evangélicos, mas sim a palavra de Deus, a bíblia esta sendo questionada e considerada um livro homofóbico, quem vai tomar atitude em relação a estas afrontas é o dono da palavra “Deus” se eu preciso sair as ruas, para fazer manifesto, onde esta o Deus da palavra? Onde esta a eficácia da palavra? Eu estou me igualando aos demais na luta pelos direitos, não é função da igreja pelejar contra os grupos que pretendem ter alguns direitos, a função da igreja é ensinar a verdade e como disse Paulo; Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina (II Timóteo 4:2). Quando quiseram calar os apóstolos qual foi a resposta - Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens (Atos 5:29). Pedro não temeu a cadeia, e nós? estamos fazendo manifesto público com medo da cadeia.

- Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja; (Colossenses 1:24)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo