segunda-feira, 23 de maio de 2011

EVANGELHO OU RELIGIÃO?

O que é evangelho e o que é religião?

Você já parou pra pensar nisso?

Você é evangélico ou religioso?


          Seria o evangelho uma cadeia, uma fôrma em que o individuo entra  e quase nem se mexe porque qualquer mexidinha ele pode ate perder a salvação? parece que estou pegando pesado, quem lê ou ouve isso vai dizer esse pastor exagerou! não meu irmão isso não é exagero, exagero é o que estão fazendo com o evangelho de nosso senhor Jesus cristo que disse;
Se o filho vos libertar verdadeiramente series livres (João 8,36).    
       Jesus veio libertar, mas libertar do que? Libertar o povo exatamente da religião que oprimia o povo, e hoje, como estamos vivendo o evangelho? O evangelho que vivemos hoje é ou não é opressivo? As pessoas que vem para o evangelho hoje, vem através de uma palavra onde se oferece libertação, mas na verdade quando elas se dão contas estão talvez mais presas do que antes,  é tanto julgo que se coloca sobre essas pessoas que a primeira coisa que elas perdem é a paz, que isso pastor? Verdade! a pessoa antes de vir para o evangelho se sentia livre, e dizia faço o que quero, não devo satisfação da minha vida a ninguém, mas quando ela vem para o evangelho tudo muda, ela começa agora a se sentir acuada, viive a sensação do; será que alguém esta me vendo, isso sem contar que agora toda a comunidade evangélica da qual ela faz parte passa a tomar conta da vida dela, meu Deus!! Que evangelho é esse?

A primeira cadeia do evangelho de hoje.

         A primeira cadeia, do evangelho proposto hoje; é que a pessoa que vem para Jesus passa a ser cerceada, tem que da satisfação de sua vida a todos, tem que entrar na forma que fizeram pra ela, agora não pode isso ou aquilo, ditam o que vestir, o que comer, onde pode ir,  é tanta regra que nem todos suportam, alguns pulam fora, e a maioria dos que ficam acabam sendo envenenado e se tornam água do mesmo pote, de oprimido passa a opressor, isso pega. Deus nos livre disso.


A segunda cadeia do evangelho de hoje.

            A segunda cadeia do evangelho proposto hoje são os sacrifícios que esta pessoa que vem para o evangelho é submetida, veja irmãos se Jesus pagou pela minha salvação, se o sacrifício na cruz do calvário foi completo, se esta escrito que eu em cristo sou co-herdeiro das promessas feitas a Abraão, que sacrifício eu preciso fazer para conquistar as bênçãos de Deus conquistadas por Jesus na cruz através de seu sacrificio.
         Veja o evangelho que se prega hoje. Vem pra Jesus que ele vai mudar sua vida, é verdade! vem pra Jesus que ele vai te prosperar, é verdade! vem pra Jesus que sua família será abençoada, é verdade! vem pra Jesus que suas dividas serão pagas, pode ser verdade! vem pra Jesus que você vai sair da falência, pode ser verdade! No momento da oferta tudo é mostrado com simplicidade, mas quando a pessoa vem pra Jesus ai começa, agora você tem que jejuar pra conseguir, tem que subir monte, tem que consagrar, tem que sacrificar seu izaque, tem que da dizimo e as vezes dobrado, sacrifícios e mais sacrifícios, são tantos que a pessoa que veio em busca da liberdade que há em cristo Jesus, acaba sendo uma prisioneira da religião.
      A diferença entre o evangelho e a religião, é que o evangelho liberta e a religião prende.
     O evangelho liberta você das idéias, dos conceitos, da opressão, do domínio do pecado, essa é a proposta de Jesus quando disse: vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei (Mateus 11,28 )
     
     A religião prende você nas idéias, nos conceitos, na opressão, você tem que fazer um monte de sacrifícios para conseguir alguma coisa.

Jesus não ensinou nada disso.

        No evangelho de Jesus não tem nada disso,No evangelho de Jesus você é livre, Ai alguém vai pensar, então eu posso fazer tudo, o apóstolo Paulo disse: tudo me é licito, mas nem tudo me convém.

Quem disse que pecar é liberdade?

      O pecado é uma escravidão, a pessoa não peca por vontade própria, ela peca porque é escrava do pecado, ela faze como se fosse obrigada a fazer aquilo que é pecado.
     Jesus liberta a pessoa do domínio do pecado, essa pessoa deixa de ser escrava do pecado, e torna se livre.
   Ninguém tem prazer em pecar, você quando faz uma coisa que você sabe que é pecado você fica perturbado, sem sossego, a sua consciência fica lhe acusando, você morre de medo que as pessoas descubram que você fez.
        por exemplo, um homem ou uma mulher que trai seu cônjuge, morre de medo de ser descoberto, por quê? Porque sabem que o que fez é algo errado, e tudo que é errado é pecado, então a pessoa fica sem paz com medo de a qualquer momento ser descoberto.        
      Agora veja, mesmo essa pessoa sabendo que o que esta fazendo é errado, ela não consegue deixar de fazer, parece que uma força maior que ela o leva a pecar, e ela não consegue se livrar daquilo, e ela ate diz, eu não quero fazer, mas não consigo, é mais forte do que eu, isto é o domínio do pecado sobre essa pessoa, e só Jesus pode livrar essa pessoa do domínio do pecado, agora  quando esta pessoa reconhece Jesus como seu único e suficiente salvador, e aqui esta um segredo, falamos de salvação, mas não entendemos sobre salvação.

O que é salvação?

        A palavra salvação é a mesma que libertação, livramento, e ai se pergunta? que salvação Jesus pode trazer a essa pessoa? Sim a salvação que é o mesmo que libertação, é salvar ou libertar essa pessoa do domínio do pecado, apartir do momento que essa pessoa que esta dominada pelo pecado que leva ela a fazer aquilo que ela não quer fazer, ela reconhece Jesus como seu salvador, ou libertador, Jesus salva ou, liberta essa pessoa do domínio do pecado, agora o pecado não tem mais domínio sobre essa pessoa, ou seja ela não vai mais fazer aquilo que o pecado forçava ela a fazer, então agora essa pessoa é livre.

Ser livre, não é fazer aquilo que não quero fazer.

Ser livre é fazer aquilo que quero fazer.

Aquilo que não quero fazer é errado, é pecado

Aquilo que quero fazer é bom, faz bem, é licito.

Pastor Josias pereira
Ministério da Reconciliação.

2 comentários:

  1. Muito bacana sua linha de interpretação!
    Que Deus continue o iluminando.
    Saude e Paz.

    ResponderExcluir
  2. No meu entendimento o Evangelho faz parte da religião, é intrínseco a religião e não a religião em si, mas não tem como separar.

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem vindo