sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Aconteceu




       Aconteceu nos dias 30 de setembro e 01 e 02 de outubro a festa do primeiro aniversário do departamento feminino da ASS DE DEUS MINISTÉRIO DA RECONCILIAÇÃO, festa foi marcada pela presença do Espírito de Deus que impactou os corações presentes através da instrumentalidade das pregadoras; Miss Eliane Dutra da Igreja Bete Javé, Pra Elaine da igreja batista central de Queimados e Dra. Joselaine Simões da AD. Nova Iguaçu. A festa foi regida sob o tema “mulheres vivendo uma vida de excelência” baseada no texto de 1ª Samuel 2:8, participaram da festa os departamentos femininos da igreja bete Javé, AD. Da Rua Eloi Teixeira, AD. do PR Jeová, e outros convidados.



segunda-feira, 12 de setembro de 2011

QUANDO JESUS VAI VOLTAR?

         Há muitas especulações sobre a volta de Jesus, e alguns estudiosos das profecias chegaram a marcar a data do retorno de Jesus, segundo as testemunhas de Jeová, Jesus voltou em 1914 e esta invisível, outros grupos também já marcaram datas, porem ate o momento nenhuma das predições se confirmaram; nós evangélicos aguardamos o retorno de Jesus, pregamos sobre sua vinda, e em relação a isto há divergências e muitas controvérsias, há grupos evangélicos cuja bandeira é a volta de cristo, outros nem tocam no assunto, pois o interessante é a vida aqui, e outros grupos esperam a vinda de Jesus, mas não dão ênfase ao assunto, mas o que a bíblia de fato fala sobre a volta de Jesus?

        Eu sou do grupo dos evangélicos que espera o retorno de cristo, como pregamos em nossos púlpitos, e ate citamos as palavras do próprio Cristo aos discípulos; (Mateus 24:36) - Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai. Mas como gosto de polemicas quero colocar uma pimentinha no assunto, e a pergunta é; será que Jesus não voltou? O que você acha? Vejamos alguns relatos da bíblia.
       O senhor Jesus inicia seu ministério no capitulo 3 de Mateus quando João batista aparece pregando no deserto da Judeia e Jesus vem ate João e é batizado, no capitulo quatro Jesus vai para o deserto para esta as sós com Deus, ensinando-nos que todo filho de Deus deve ter comunhão com o pai celestial e que isso acontece através de momentos de orações, no deserto Jesus é tentado pelo diabo e passando este episódio Jesus sai de Nazaré a vai morar em cafarnaum, á partir de então Jesus começa a organizar sua diretoria convocando os doze apostolo e assim coloca em funcionamento o seu ministério terreno, ate o capitulo 23 de Mateus Jesus da instruções tanto aos apóstolos como ao povo que o seguia constantemente, Jesus ensinou através de parábolas e preparou os discípulos para dar continuidade a obra que Ele veio realizar, no capitulo 24 Jesus começa então a falar sobre o que lhe aconteceria por aqueles dias, e sobre todos os sinais que comprovariam que de fato ele era o filho de Deus, o messias prometido, o salvador do mundo.
        Passamos então a analisar o capítulo 24 de Mateus.
(Mateus 24:1) - E, QUANDO Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo. Os discípulos mostra a Jesus a arquitetura do templo que eles idolatravam, o templo era venerado pelos judeus, inclusive Jesus é acusado de blasfêmia contra o templo, veja o que Jesus falou sobre o templo.
   2) - Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada. Muitos encontram nesta passagem uma alusão à todas as construções existentes no dia em que Jesus voltar. Isso realmente é forçar o texto, e torcer o seu sentido original. “Não vedes tudo ISTO?” perguntou Jesus aos discípulos, apontando para o Templo construído por Salomão, reconstruído por Zorobabel e reformado por Herodes. Esta profecia cumpriu literalmente no ano 70 d.C., quando Tito, o general romano que posteriormente tornou-se Imperador, invadiu Jerusalém, reduzindo o templo, e toda a cidade a escombros.
       3) - E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?
     4) - E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; cuidado pra você não ser enganado hoje!
    5) - Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. Veja o aviso de Jesus! Quando Jesus fala aqui que muitos virão em meu nome, Ele esta se referindo aos que apareceriam usando o nome Dele, dizendo ser Ele, é o caso do curitibano “inris” e do Jose Luiz Miranda e outros enganadores que desde Jesus apareceram e estão por ai.
     6) - E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Jesus faz um relato de vários acontecimentos que se daria ate a sua volta, e nesse texto de Mateus 24 Jesus vai tratar exatamente de todo o acontecimento relativo à sua ida ao pai e do seu retorno, no vrs 7 ele fala sobre os rumores de guerras, mas ainda não era o fim, no 9 Jesus avisa aos discípulos que eles também sofreriam, no 10 Jesus diz que eles teriam problemas entre eles próprios, no 11 aparecerão falsos profetas, no 12 a iniqüidade, pecado no lugar santo, ou pecado legalizado, vai levar muitos a desacreditar Nele, no 13 Jesus disse que quem suportasse todo aquele momento de sofrimento será salvo, “esse será salvo é passivo de ser submetido ao termo grego para saber-se de que tipo de salvação esta se falando aqui” no 14 Jesus esta afirmando que o evangelho, a mensagem do reino suportaria a todo aquele momento, e chegaria ate os dias de hoje, pois seria conhecido de todos, para que então viesse o fim de todas as coisas, no 15, 16, 17 e 18 mais avisos sobre o que deveria acontecer naquele momento da história do evangelho, é preciso não esquecer que em momento algum Jesus deixa os discípulos sem saber dos acontecimentos referente ao implantação do evangelho e do reino messiânico, no 19 Jesus avisa o que aconteceria com as grávidas no momento da invasão de Jerusalém, e isso aconteceu, no 20 Jesus lhes diz, orai para que o momento da fuga não seja no inverno, sair as pressas no frio é terrível, e no sábado, muitos talvez pela rigidez da lei se negassem a fugir no sábado, no 21 aqui esta um detalhe que é preciso muita atenção a este anuncio de Jesus, Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. Aqui Jesus deixa claro que esta é a maior e única aflição que no contexto do evangelho aconteceria, portanto quem esta esperando a aflição dita por Jesus neste capitulo de Mateus, repense, pois a mesma já aconteceu e não haverá outra segundo Jesus; Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver, no 22 Jesus diz que os dias seriam abreviados, ou seja, a duração da aflição seria de menos tempo para que os escolhidos se salvassem, veja no 13 Jesus disse que quem suportasse ate o fim daquela aflição seria salvo; 13) - Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo. E agora ele diz que o tempo será abreviado para que os escolhidos escapem da destruição, aqui esta a bondade de Deus que, abrevia o tempo do sofrimento para dar livramento aos seus, no 23 ao 27 mais avisos sobre os falsos cristos e falsos profetas, no 28 “pensamento meu” o cadáver de Jesus na cruz e as águias do poder assistindo o que parecia ser “o fim do rei dos judeus”.
       É claro que esta aflição aconteceu depois da morte e ressurreição de Jesus, mas deve se considerar que há aqueles que defendem que os escritos não estão em ordem cronológicas, pois os evangelhos foram escritos á partir das narrativas dos que viveram com Jesus, e isto deve ter acontecido após sua ascensão aos céus, sendo assim é possível que os escritores, Mateus, Marcos, Lucas e João tenham tido alguma dificuldade para escrever os fatos exatamente na ordem cronológica dos acontecimentos, no 29 Jesus fala do sobre o fim, e usa a expressão, “logo depois” embora esta expressão tenha a idéia de imediato, na verdade ela tem a conotação de seqüência e aqui fica um vazio sem determinação de tempo, mas as profecias bíblica aponta para um tempo do fim de todas as coisas, no 30, 31 e 32 Jesus deixa claro que esta falando de um momento que ainda vai acontecer, quando do arrebatamento da igreja, assunto esse que alguns teólogos se divergem, há os que defendem o arrebatamento da igreja, e os que afirmam não existir tal evento, mas esse não é a assunto que estamos falando agora, o assunto é a volta de Jesus, e a pergunta é; “Jesus já voltou, ou não? No 33 Jesus volta a falar sobre o assunto anterior ao verso 30, e ele vai fazer a seguinte colocação; Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas. A pergunta é, Jesus esta falando de sua volta, ou do arrebatamento no tempo do fim? Essa pergunta é boa, pois é perfeitamente compreensível de que Jesus em suas narrativas, fala de dois eventos, sua volta, e do arrebatamento, dois eventos distintos um do outro, como eu disse no inicio dessa matéria, eu quero colocar uma pimenta no assunto e a pergunta é, Jesus já voltou?
        Ao ler os textos sagrados vamos encontrar indícios de dois eventos separados, a volta de Jesus e o arrebatamento dos salvos segundo a nossa teologia convencionada pelos evangélicos que se discutem também sobre tribulação e Milênio e há controvérsias entre os teólogos sobre os assuntos.
       Voltemos ao assunto sobre a volta de Jesus, no 34 Jesus vai fazer outra declaração relacionada a aflição de que trata o capitulo 24 de Mateus, veja o que Jesus vai dizer; Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam. (Na versão linguagem de hoje, vendida pela cpad o texto esta da seguinte forma;) Eu afirmo a vocês que isto é verdade: Essas coisas vão acontecer antes de morrerem todos os que agora estão vivos. Então Jesus deixa claro que os acontecimentos narrados no capitulo 24 de Mateus já aconteceram, e não estão para se cumprir, isso é fato consumado, palavra de Jesus que em seguida fecha a porta para qualquer especulação dizendo; 35- O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar. E Jesus continua suas afirmações sobre sua vinda, no 36 ele diz que ninguém sabe o dia e hora, só o pai, no 37 ele diz que os homens farão pouco caso de sua vinda, no 43 chama a atenção para a vigilância, e finaliza seu sermão falando sobre o ajuntamento dos salvos e juízo para os não salvos,
       No cap 25 Jesus começa a descrever sobre o reino que doravante esta implantado, cujo rei é ele próprio, e este reino não é segundo o sistema humano, mas segundo o sistema divino, por isso quando indagado sobre ser ele o rei dos judeus, ele responde; O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui (João 18:36). Jesus cita a parábola das virgens, ensinando que devemos esta preparado para os momentos urgentes da vida, tendo sempre reserva para suprir nossas necessidades e momentos difices, vai citar a parábola dos talentos, ensinando que devemos multiplicar o que temos em mão, no 31 Jesus volta a falar do seu retorno, ele diz que voltará com os anjos a seu serviço, e ele se assentará no trono da sua glória, no 32 ele diz que todas as nações serão reunidas diante ele, hoje temos crentes no senhor Jesus nos quatro cantos de uma a outra extremidades, o evangelho chegou a todas as nações e línguas, a bíblia já esta sendo traduzida em todas as línguas e dialetos, o reino esta em pleno exercício, os que crêem em Jesus já estão no reino, que não crê esta fora do reino, Jesus descreve o reino dele como um reino onde a justiça é exercida pelos seus seguidores de forma que a misericórdia e a compaixão pelo próximo é a evidencia desse reino, segundo Jesus, seu seguidores visitam hospitais, cadeias, dão de comer a quem tem fome, dão de vestir a quem esta nu, quem não procede desta forma, embora ate diz esta no reino, mas de fato não esta, isso não é futuro, é hoje, e quem esta fora do reino esta em tormento, eu me atreveria a dizer que todos que se dizem crentes e vivem atormentados, é porque não estão no reino, pois o reino de Jesus é um reino onde impera a justiça, e Jesus seria injusto se seus seguidores vivessem atormentados, eu mesmo as vezes me questiono quando cometo algo que não condiz com o reino, será que procedendo desse modo, eu estou no reino, as vezes me sinto em tormento quando quebro as regras do reino, sim o reino tem regras e o rei é justo.
         Vamos ao capitulo 26 que começa com o aviso de Jesus aos discípulos sobre o que haveria de lhe suceder naqueles dias, veja o relato; E ACONTECEU que, quando Jesus concluiu todos estes discursos, disse aos seus discípulos: 2) - Bem sabeis que daqui a dois dias é a páscoa; e o Filho do homem será entregue para ser crucificado. Jesus diz aos que lhe ouvem que dali a dois dias ele seria entregue aos homens para ser morto, e Jesus faz questão de relatar como tudo aconteceria, isso para que seus seguidores não tivessem dúvida de que ele era o filho de Deus, no 26 Jesus avisa que Judas iria lhe trair, no versículo 29 Jesus faz a seguinte declaração; E digo-vos que, desde agora, não beberei deste fruto da vide, até aquele dia em que o beba novo convosco no reino de meu Pai. A pergunta é, quando Jesus voltaria a beber do fruto da vide com os seus seguidores, e quando e onde seria o reino de sei pai? Vamos em frente que a bíblia vai responder, Jesus come a ceia com seus discípulos, canta um hino, e saem para o monte das oliveiras, no 31 Jesus mais uma vez volta a preparar seus seguidores sobre o que ia acontecer durante aqueles dias de festa em Jerusalém, era a páscoa, mas no 32 ele diz, vou morrer, mas voltarei a viver e irei antes de vocês para a galileia, no 34 Jesus avisa que Pedro o negaria por três vezes antes do cantar do galo, no 47 Judas chega com os soldados para prender Jesus, no 57 Jesus é preso e levado aos príncipes, no 59 procuraram uma acusação que justificasse sua morte, no 61 Jesus é acusado de blasfêmias contra o templo, exatamente pelo que Ele disse em Mt 24;2; Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada. No 66 o povo diz que Jesus é réu de morte, no capitulo 27 vrs 11 Jesus é apresentado ao presidente e interrogado, no 22 o povo decide que Jesus deve ser crucificado, no 29 cravaram uma coroa de espinho na cabeça Dele, no 35 Jesus é crucificado, no 50 Jesus da o ultimo grito e morre, no 54 Jesus é reconhecido como filho de Deus pelo centurião, no 60 Jesus é sepultado, no 64 porque Jesus havia dito que iria voltar a viver, mandaram colocar segurança para guardar sua sepultura, o capitulo 28 começa relatando que no domingo pela madrugada as mulheres vão visitar a sepultura de Jesus, no vrs 2 esta escrito; E eis que houvera um grande terremoto, porque um anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra da porta, e sentou-se sobre ela. No 5 esse anjo fala as mulheres que Jesus não estava mais ali, pois havia ressuscitado, no 9 Jesus aparece as mulheres e manda dizer aos seus seguidores que os esperava na galileia, no 16 os seguidores de Jesus partem rapidamente para a galileia, como Jesus havia lhes dito no cap. 26:32 Mas, depois de eu ressuscitar, irei adiante de vós para a Galiléia. Ate aqui lemos os fatos relatados por Mateus, vejamos parte dos fatos relatados por João, João começa o capitulo 20 de seu livro da mesma forma que Mateus e Lucas; (João 20:1) - E NO primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro. No vrs 2 as mulheres correm para falar com os seguidores de Jesus, Pedro e João, e os dois correm para a sepultura de Jesus, no que chegando lá encontraram-na vazia e só o lençol estava lá sobre a pedra, no vrs 11, 12 e 13 Maria esta chorando junto ao sepulcro de Jesus, nesse momento segundo João ela vê dois anjos que lhe disseram; Mulher, por que choras? Ela lhes disse: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram. No 14 Jesus aparece vivo a Maria e no 15 Ele fala com ela; Disse-lhe Jesus: Mulher, por que choras? Quem buscas? Ela, cuidando que era o hortelão, disse-lhe: Senhor, se tu o levaste, dize-me onde o puseste, e eu o levarei. mas ate aqui Maria não o hávia reconhecido, no 16 Maria reconhece Jesus pela voz, no 17 aqui há uma informação muito importante, veja a declaração de Jesus a Maria, Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus. aqui Jesus diz a Maria, não me toques, pois ainda não subi para meu pai, Jesus não deixa Maria tocar nele, ele manda ela ir levar a noticia aos seus discípulos, entende – se que Jesus nesse espaço de tempo subiu ao pai, e voltou pois no versículo 19 os discípulos estão reunidos em um ambiente com as portas fechadas e Jesus aparece no meio deles e diz; paz seja convosco, agora veja que interessante, quando Jesus aparece as mulheres, ele não permite que elas o toquem, pois segundo ele, ainda não havia subido ao pai, mas agora ao aparecer aos seus seguidores pela segunda vez oito dias após a primeira, como Tome havia dito que só acreditaria que Jesus havia ressuscitado se ele visse e o tocasse, Jesus então manda Tome colocar o dedo no lugar onde o prego havia perfurado sua Mao, e no seu lado onde a lança do sondado havia perfurado e chama Tome de incrédulo.


SE JESUS NÃO DEIXOU AS MULHERES LHE TOCAR ANTES DE SUBIR AO PAI, E AGORA MANDA TOME TOCAR, NÃO SERIA PORQUE ELE JÁ VOLTOU?
     Vejamos mais algumas informações sobre o assunto.
     Jesus não deixa as mulheres tocar nele, sobe ao pai, aparece aos discípulos e agora manda Tome colocar o dedo, segundo Lucas no capitulo 24:41 Jesus ainda pede o que comer, leia; E, não o crendo eles ainda por causa da alegria, e estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que comer? 42) - Então eles apresentaram-lhe parte de um peixe assado, e um favo de mel; 43) - O que ele tomou, e comeu diante deles.
    E ai! Jesus já voltou ou não?
     Lucas continua seu relato e vai dizer que após esses acontecimentos Jesus levou os discípulos para fora da cidade, e dando aos discípulos as ultimas instruções, o que Mateus , Marcos,  e João não escreve sobre esse momento, cada um vai descrever o que para eles era mais importante, E Lucas vai falar sobre a ascensão de Jesus, mas também vai escrever que Jesus antes de ser levado ao céu disse aos discípulos; 49) - E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder. E João vai tratar do assunto sobre essa promessa com um outro ponto de vista, João vai falar sobre quem é o Espírito santo enviado por Deus, em nome de Jesus, no capitulo 14 de João Jesus começa a preparar seus seguidores sobre sua volta para junto do pai, ele diz; não fiquem turbados, credes em Deus , e em mim também, 2 na casa do meu pai há muitas moradas, se não existisse moradas lá, eu já teria dito a vocês se existe ou não. Vou preparar lugar pra vocês, e quando eu for e preparar o lugar de vocês, eu volto, volto e vou levar vocês pra mim, e onde eu estiver, vocês vão estar comigo, Jesus esta dizendo que vai e volta, veja que segundo o relato de Mateus e Lucas e ate do próprio João, após a morte e ressurreição de Jesus, ele foi ao pai, e depois apareceu aos apóstolos, isso mostra que ele voltou, mas aqui nesse texto de João, Jesus esta falando antes de sua morte, e ele esta falando exatamente que após ressuscitar ele iria subir ao pai e voltaria, mas o que confunde a nossa cabeça é o fato de depois disso Lucas dizer que ele foi levado ao Céu,  dos quatro evangelhos parece que só Lucas fala disso; (Lucas 24:51) - E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu. Lembrando que Mateus vai terminar seu livro citando que Jesus falou as seguintes palavras; eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém e não relata Jesus sendo levado ao céu, João termina seu livro relatando um conversa de Jesus com Pedro, também não fala de Jesus sendo assunto a céu, marcos da mesma forma não fala sobre Jesus sendo levado ao céu, eu não estou dizendo que Jesus não foi levado ao céu, apenas citando que dos quatro escritores dos evangelhos, somente Lucas que era grego, fala sobre Jesus sendo levado ao céu, e ele vai começar seu segundo livro, o livro de atos dos apóstolos falando sobre a assunto.
        mas segundo a narrativa de João no capitulo 14 quando Jesus prepara seus seguidores, e isso antes de sua morte, pois a morte de Jesus esta relatada por João no capitulo 19. seguindo um raciocínio á partir do capitulo 14 Jesus prepara seus seguidores dizendo que ia se ausentar deles por um especo de tempo mas que voltaria, e que á partir daí eles estariam juntos sempre, interessante que no vrs 16 Jesus diz que vai rogar o pai que envie o outro; 6) - E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; e quem é esse outro, Jesus vai dizer que é; 17) - O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. Agora veja o que Jesus vai dizer em seguida; 18) - Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós. E Ele completa dizendo 19) - Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais, mas vós me vereis; porque eu vivo, e vós vivereis. Jesus volta a falar do outro; 26) - Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. Novamente Jesus torna a afirmar; 28; Ouvistes que eu vos disse: Vou, e venho para vós. Se me amásseis, certamente exultaríeis porque eu disse: Vou para o Pai; porque meu Pai é maior do que eu. Ele diz; vou e venho para voz, o que Jesus queria dizer com isso, vou e venho para voz? Afinal; ele foi e ficou, ou já voltou, eu diria que ele já voltou.
        Analisemos uma coisa, quando ele estava com os discípulos, ele os ensinava, orientava, consolava e os advertia sobre todas as coisas necessárias em relação aos seus seguidores, e no vrs 16 ele diz; E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; Jesus diz que vai rogar ao pai que envie “outro” consolador, porque outro? Porque enquanto ele estava com seus seguidores, ele os consolava, mas do momento que ele  partisse seus seguidores não poderiam ficar desprovido de um consolador, seria necessário outro consolador, veja o que Jesus vai dizer no vrs 26; Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. Ou seja, o consolador que é o Espírito Santo, que procede do pai do qual Jesus também procede, Ele será enviado em nome de Jesus, e continuará agindo para com os seus seguidores da mesma forma, ensinando, orientando, advertindo e consolando, veja que tanto o filho como o Espírito Santo procede do pai, os três são um, concorda num; Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um (I João 5:7). O pai e o filho são um;  Eu e o Pai somos um (João 10:30).
        Para resumir o assunto senão vamos passar o tempo todo e o assunto não esgota, entenda, Jesus o verbo divino.


NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus (João 1:1).


2) - Ele estava no princípio com Deus.


3) - Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.


14) - E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.


        Jesus é o próprio Deus que se fez homem para habitar entre os homens e trazer seu reino de justiça e paz aos homens.


         O Espírito Santo também é o próprio Deus habitando no meio dos salvos e agindo para a salvação dos que hão de se salvar.


        Portanto Jesus veio como homem para salvar o homem.


        E no dia de petencoste voltou como o Espírito Santo para preservar o homem justificado diante de Deus.


        O que nos estamos aguardando não é a volta de Jesus, pois ele já voltou e esta entre nós na pessoa do Espírito santo.


O que estamos aguardando é como no relato de Paulo em I Tessalonicenses 4:17) - Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Jesus não volta mais aqui, encontraremos com ele nas nuvens, nos ares, e assim estaremos sempre com ele amem.


        Num outro momento falaremos sobre o reino de Deus, governado por Jesus.

COMENTE.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ

         Meus irmãos durante essa campanha falamos sobre a verdade que liberta, e aprendemos algumas, não todas as verdades, ate porque dificilmente compreenderemos todas as verdades que a bíblia nos permite aprender através de sua leitura, e nesta noite faremos um pequeno resumo do que falamos durante estas quintas feiras.
     E conhecereis a verdade e a verdade voz libertará.
        Uma das verdades que nós aprendemos com a bíblia e aprendemos nesta campanha, é que Jesus veio para trazer a libertação, a liberdade, não à liberdade para pecar como muitos entendem, pois se há algo que Jesus combateu veemente, foi o pecado, e para o pecado ficou estabelecido como salário a morte, e a sua mensagem era essa, arrependei-vos, mude de comportamento, mude de direção, mude de ideia.
         Mas Jesus veio nos trazer uma liberdade no sentido de nos libertar da escravidão do pecado, da opressão dos espíritos malignos, da opressão da lei, da opressão da religião, da domínio do diabo, das enfermidades, dos pensamentos que nos mantêm prisioneiros dos sistemas, tristes, sem paz e sem Deus,Vivíamos debaixo de todas essas maldições, Mas Jesus vem e nos faz o maravilhoso convite;  Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mateus 11:28).
       Aprendemos nesta campanha que agora estamos em cristo e somos uma nova criatura;  Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo (II Corintios 5:17) . E que á partir de agora vivemos em novidade de vida;   De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida (Romanos 6:4). O nosso espírito também foi renovado; (Romanos 7:6) - Mas agora temos sido libertados da lei, tendo morrido para aquilo em que estávamos retidos; para que sirvamos em novidade de espírito. Ganhamos uma nova linguagem; (Tito 2:8) - Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós. Jesus fez uma verdadeira mudança em nossa vida e nosso modo de viver; (Efésios 4:17) - E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente. Você é outra pessoa, o velho Adão morreu, o velho Adão fala da velha natureza pecaminosa que estava em você, Jesus mudou tudo.
        Aprendemos nesta campanha que uma vez libertos por Jesus, e sendo fiel a ele, não precisamos pagar nada pelas bênçãos que ele tem para nós,
       Eu e você somos dizimistas, porque somos fieis e obedientes a Deus, Não fazemos troca com Deus, Ofertamos por gratidão, adoração e por amor a casa de Deus.
       Não precisamos subir montes, fazer jejuns ou dar dinheiro na igreja para receber as bênçãos de Deus, pois as benções de Deus não estão à venda, são inegociáveis, ou seja, o nosso sacrifício é ser obediente a sua palavra e vir a sua casa; (Romanos 12:1) - ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. Esse é o nosso sacrifício.
         Aprendemos que no nome de Jesus as doenças são curadas, os demônios são expulsos, os pecados são perdoados, e não é necessário lançar mão de nenhum artifício como, água, foto, roupa, óleo (ungido) sal grosso, galho de arruda, fita no braço, vara mágica, escada, nada dessas coisas que a bíblia chama de coisas inanimadas, e não passa de idolatria, chamada de ídolo javista.
     O que é ídolo javista?
     É aquilo que se coloca para substituir o divino, ou seja, divinizar as coisas é um tipo de idolatria.
     Mas o ensino de Jesus é este; (Marcos 16:17) - E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; (18) - Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão, Fomos libertos dos ídolos, dos sacrifícios, das mentiras do diabo.
           Aprendemos aqui pela palavra de Deus, doutrinariamente que quem opera na igreja é Jesus na pessoa do Espírito santo, através da ministração da palavra e não dos anjos, aqui não tem anjos, aqui tem o espírito de Deus agindo pela pregação da palavra, veja o que diz a bíblia; (Atos 19:11) - E Deus pelas mãos de Paulo fazia maravilhas extraordinárias. Veja mais; (Atos 5:12) - E muitos sinais e prodígios eram feitos entre o povo pelas mãos dos apóstolos. Em momento algum no novo testamento á partir do estabelecimento do ministério de Jesus e os apóstolos a ação de anjos, mas sim dos apóstolos conforme (Atos 2:43) - E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. esta escrito; E a mão do Senhor era com eles; e grande número creu e se converteu ao Senhor (Atos 11:21).
         A Mao do Senhor era com eles, e a mão do Senhor é conosco e não dependemos dos artifícios, quem opera aqui é Jesus, na pessoa do Espírito santo através da ministração da palavra.
       Quando ministramos a palavra de Deus aqui, o Espírito de Deus começa a agir fazendo você entender a palavra, convencendo você sobre o poder da palavra de Deus, ele atua na sua mente, na sua alma, e começa a tirar aquilo que não é verdade, e coloca no lugar aquilo que é a verdade, e esta verdade que é a palavra de Deus faz toda e qualquer mudança necessária.
      Veja o que a bíblia nos diz. (João 16:13) - Mas, quando vier aquele, o Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir, veja o que diz romanos (Romanos 8:27) - E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.e a palavra vai nos informar que "ninguém pode dizer que Jesus é o SENHOR, senão pelo Espírito Santo (I Corintios 12:3)" e diz mais a palavra;  "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa (Atos 16:31)" esse é o segredo veja "Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação (Romanos 10:10) por isso disse Jesus -"se creres, verás a glória de Deus?(João 11:40)"


Em suma; nesta campanha aprendemos que Jesus veio buscar e salvar o que estava perdido, eu estava perdido, Jesus me achou, você estava perdido, Jesus te achou.
Agora somos! Nova criatura, Ovelhas do seu pastor, Pedra viva, livre do domínio do pecado, livre do poder do diabo, e temos a vida eterna em cristo.
Como disse Paulo; ja não vivo eu, mas cristo vive em mim.

    Esta mensagem foi o fechamento da campanha "e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" na Ass de Deus Ministério da Reconciliação.

Queimados - RJ - Brasil  25 de agosto de 2011


O comentário é o combustível para o blogueiro manter a chama e assim surgirem novos assuntos, deixe o seu comentário, a única regra é; não ao desrespeito, palavrões, discriminação, mas toda critica é bem vinda, fique a vontade para comentar nossos assuntos.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

JESUS ESTA VOLTANDO

     Esses dias visitando o blog de um amigo li uma notícia que me chamou atenção,"Igreja funciona dentro de boate na Rua Augusta em São Paulo Lendo essa matéria me lembrei da mensagem que peguei em minha igreja há duas semanas, não quero aqui fazer nenhuma crítica, seja positiva ou negativa, pois na mensagem de ceia neste domingo preguei e ensinei Mateus 7 ( não julgueis), mas quero com essa matéria apontar algo muito sério que esta acontecendo em cumprimento a uma profecia de Jesus quanto ao seu retorno para a consumação de todas as coisas, há muitas especulações sobre os sinais da vinda de Jesus como pregamos, e as interpretações do capitulo 24 de Mateus é cheia de distorções, fatos que aconteceram ainda naquela época, é esperado por muitos crentes e pregadores hoje como, tribulação, a destruição de Jerusalém, e tantos outros que a história de deu conta de ocorrido, mas analisando com cuidado o texto em tela, somente um sinal é dado por Jesus a cerca de seu retorno e que ainda esta se cumprindo, todos os sinais proferido por Jesus no capitulo 24 já se cumprirem, convido você a fazer uma leitura do texto com todo o cuidado que você vai entender o que falo, porem o único sinal que esta se cumprindo esta no versículo  14; E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim (Mateus 24:14), o que esta acontecendo hoje? Estamos criticando tudo, por exemplo, quantos não criticaram este fato de uma igreja de pessoas discriminadas por seus comportamentos diferentes do que se conhece como normal estarem se reunindo em uma boate, e se apresentando como uma opção de igreja para os excluídos? Sim somos taxativos quanto a isso, e há aqueles que nem o Espírito santo os convence de suas concepções sobre o assunto, mas esqueçamos nossas idéias sobre o que achamos disso, e abramos os nossos olhos para esse sinal que esta se cumprindo; o evangelho de reino esta chegando aos quatro cantos da terra, Jesus não disse que todos se converteriam, Ele disse que todos tomariam conhecimento do evangelho, e quando isso acontecesse, então virá o fim, pense nisso meu irmão, Jesus esta voltando.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

SERVO! OU AMIGO DE JESUS?

             Jesus não quer servos, ele quer seguidores, e aos seus seguidores ele tem uma recompensa, a imortalidade, certa vez Jesus disse aos seus discípulos, vocês não são meus servos, mas meus amigos (João 15;15), esse é o relacionamento que Jesus deseja ter com todo aquele que o reconhece como salvador, um relacionamento de amizade, companheirismo, todo amigo faz questão de falar sobre suas amizades, o amigo procura copiar os bons exemplos do outro, o amigo, é amigo em qualquer situação, o amigo divide o pão, a roupa, a casa, o amigo tem sempre uma palavra de conforto no momento de aperto, uma palavra de animo no momento de desanimo, uma palavra de alegria no momento da tristeza, uma palavra que muda a situação seja ela qual for, o amigo esta sempre por perto, o amigo se preocupa, o amigo divide todos os seus momentos, sejam alegres ou tristes, já o servo, o servo não faz nada disso, o servo é servo, tudo o que ele faz se não for por dever, é por interesse, o servo de Jesus,como dizem “faz a obra” mas na adversidade abandona Jesus, o amigo não, o servo de Jesus “faz a obra” mas ta sempre cobrando alguma coisa de Jesus, o amigo não faz assim, o servo de Jesus, tudo o que ele faz é esperando recompensa, o amigo de Jesus tudo o que faz, faz porque o amigo Jesus merece, o servo de Jesus não vai a qualquer lugar com Jesus, o amigo de Jesus segui seu mestre onde quer que ele for.
            Uma das características dos discípulos de Jesus era parecer com Jesus, eram tão parecidos que foi necessário Judas o beijar para que os soldados pudessem prender Jesus, no dia de pentecostes, foram reconhecidos como Galileus, alguém disse a Pedro, “você é um deles, outro disse; você se parece com ele” o seguidor carrega a característica de seu mestre, e existem muitos hoje que são servos de Jesus, mas não são seus seguidores, trabalham pra Jesus, mas não se parecem com Jesus, os seguidores de Jesus, têm a cara de Jesus.


O servo serve, trabalha.
O amigo é amigo toda hora.
Os seguidores imitam.
O discípulo é uma réplica de seu mestre.
É melhor ser amigo, seguidor e discípulo de Jesus.


       Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade (Mateus 7:22).


     Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer (João 15:15).

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

CUIDADO COM OS EXORCISTAS AMBULANTES

       Em atos 19 temos um relato interessante; Paulo durante dois anos exerceu seu ministério na Ásia, pregando e ensinando a palavra de Deus, o evangelho do reino, e lá aconteceu algo que nos chama atenção nos dias de hoje; veja o relato; - E alguns dos exorcistas judeus ambulantes tentavam invocar o nome do Senhor Jesus sobre os que tinham espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus a quem Paulo prega (Atos 19:13). 

        Segundo a narrativa bíblica, já existia naquele tempo exorcistas, pessoas que de alguma maneira expulsavam demônios, ou espíritos malignos de outras, note que o texto diz “E alguns dos exorcistas judeus ambulantes” pessoas que andavam exorcizando demônios, e agora eles vêem Paulo expulsando demônios, mas não da forma que eles faziam, mas fazendo uso do nome do senhor, e eles tentaram fazer o mesmo, usando no pensamento deles “ a forma que Paulo usava” veja a formula que eles usaram “Esconjuro-vos por Jesus a quem Paulo prega” dessa forma existem muitos por ai hoje também se dizendo ter autoridade sobre os demônios e utilizando a “senha” que é o nome de Jesus, mas Jesus deixou bem claro quando disse; Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus (Mateus 7:21).
     
   Interessante é que neste episódio os demônios tomaram uma atitude, eles reagiram; veja o que aconteceu; Respondendo, porém, o espírito maligno, disse: Conheço a Jesus, e bem sei quem é Paulo; mas vós quem sois? (Atos 19:15), o demônio conhecia Jesus e o apostolo Paulo, agora fica aqui uma pergunta; os demônios conhece os falsos e os verdadeiros, e você?

      Há milhares e milhares de pessoas se submetendo á autoridade de pessoas que não tem autoridade de Deus para fazer tais coisas, lembre-se que conforme a bíblia relata, existem os exorcistas ambulantes, que ficam de rua em rua, de cidade em cidade, de país em país, aglomerando as multidões para fazerem seus espetáculos e serem aplaudidos pelo povo, e ainda levar seu dinheiro.

        Meu irmão; cuidado com os exorcistas ambulantes veja o conselho da bíblia para nós; AMADOS, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo (I João 4:1).


       Se os demônios sabem quem são os falsos e os verdadeiros, você também precisa ter essa sabedoria.

Deixe o seu comentário

quarta-feira, 27 de julho de 2011

É PRECISO MUDAR

          A nossa mente é como um HD de computador, nela ficam guardadas todas as informações que entram pelos olhos e ouvidos, assim como o computador não funciona sem o hd, a mesma coisa acontece com a nossa mente, pois, é a nossa mente que envia todas as informações para que cada parte do nosso corpo funcione, e a nossa vida é regida pelas informações que armazenamos em nossa mente, sabendo disso para que haja uma mudança em nossa vida é necessário primeiro trocar o programa de nossa mente, o que acontece com muitas pessoas hoje, é que nem todos estão disposto  a mexer no seu programa, é como uma pessoa que tem um computador com o windous98, e ela compra um novo que vem com o XP ou o windous7 etc. essa pessoas vai ter algumas dificuldades com o novo sistema, e num momento ela vai querer voltar a usar o windous98, a mesma coisa acontece com a maioria das pessoas, suas mentes estão programada com tantas coisas que não lhes trás felicidades, mas as pessoas não conseguem aceitar a nova realidade, uma pessoa que nunca comeu uma fruta, se ela uma hora não tomar coragem de experimentar aquela fruta, não vai saber o sabor daquela fruta, quem não aceita mudanças de idéias, não experimenta mudanças na vida, pense nisso e mude de ideia.

domingo, 24 de julho de 2011

DEUS TEM UMA VIDA NOVA PRA VOÇÊ

          “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo (II Coríntios 5:17). A dificuldade que nós temos hoje, é de entender as escrituras, isso porque a nossa mente esta configurada com as informações que foram programadas pelos nossos antepassados, o ser humano sempre teve dificuldade de aceitar o novo, nossos somos capazes de usar uma roupa da moda por mais ridícula que seja, se ta na moda, usamos, inclusive temos capacidade de aceitar como certo, aquilo que de fato é errado, estamos vivendo o tempo das inversões de valores, aquilo que era anormal, agora é normal, e se não nos adequamos a certas idéias da nova sociedade, somos taxados, e ate nos consideramos retrógrados, mas quando se trata da palavra de Deus, somos na maioria das vezes extremamente tradicionais e conservadores, não aceitamos as novas idéias que a bíblia nos permite compreender. Há escritos na bíblia que são literais, porem há outros que se deixarmos a nossa inteligência nos guiar, seremos bem sucedidos, isso não é regra, mas possibilidades, quero ressaltar ao amigo leitor que não sou um teólogo acadêmico, mas alguns entendimento que tenho tido em minhas leituras da bíblia, tem me ajudado a viver melhor, e um deles quero compartilhar com você.

            É preciso aprender a usar a bíblia pra viver melhor, e isso vai depender da pré-disposição de quem esta lendo, cada pessoa tem o que na linguagem da informática eu chamaria de configuração, por exemplo, se a pessoa esta configurada para uma vida de plena aceitação do sofrimento, tudo o que ela lê na bíblia vai fortalecer a sua idéia de sofrimento, há pregadores que só pregam sacrifícios, sofrimentos, guerra espiritual e é claro, ele também vive em guerra, mas há aqueles que pregam sobre a possibilidade de uma vida melhor aqui nesta terra antes do céu, e eu costumo dizer que; se Jesus já me garantiu o céu, eu preciso lutar pela terra, a pessoas que vivem o tempo todo lutando para entrar no céu, ela só pensa no céu, aqui é só sofrimento, e essas pessoas tem uma faculdade teológica no assunto, se você debater com ela, ela da um show de bíblia, e ate cita, o reino do céu é tomado à força, pena que ela não sabe o que é o reino do céu pregado por Jesus, o reino do céu que estas pessoas pregam e esperam é futuro, o reino do céu que Jesus pregava já esta entre nós desde que Ele por aqui passou, e isso é tão forte que Paulo vai citar a passagem acima que iniciamos este escrito, “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo (II Coríntios 5:17).
           Eu quero em poucas palavras descrever o que é possível enxergar neste texto, veja o que Paulo esta dizendo; se alguém esta em cristo, nova criatura é, amigo se você tem a convicção de esta em cristo, se a sua vida pertence a ele, e você esta firmado nele, e Ele é o seu salvador, você precisa permitir que uma nova vida passe a ser uma realidade em você, como? Primeiro; cristo trás essa nova vida a você, segundo; você precisa abrir a sua mente para entender e receber essa nova vida, as pessoas aceitam a cristo, mas não aceitam o que ele tem para elas, aceitam a cristo, mas guardam tudo que tinham da velha vida, releia o texto; “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo, você veio pra cristo, ele quer fazer de você uma nova pessoa, o texto fala de nova criatura, aquela velha pessoa não pode existir mais, eis que tudo se fez novo, as coisas velhas já passaram, quem você era deixou de existir em todos os sentidos da vida, eu era perdido, agora estou no caminho certo, eu era um mau caráter, agora sou uma pessoa integra, eu era doente, agora Jesus me cura de todas as enfermidades, eu era pobre miserável, agora que estou no reino, Jesus é meu pastor, não me faltará, meu irmão aquela vida velha já era, é nova vida, Jesus tem isso pra você, os teólogos do sofrimento vão dizer tudo ao contrário, mas eu prefiro crê assim, não é pecado crê assim, e estou vivendo melhor, adeus teologia do sofrimento, as coisas velhas se passaram, tudo se fez novo; glória a Deus.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

A FRAQUESA DE DEUS


    Certo dia li em um marcador de bíblia e descobri que Deus tem uma fraqueza, ou um ponto fraco, a priori acredito que como você, eu fiquei escandalizado, afinal o Deus que me apresentaram desde a minha infância, é um Deus onipotente, ou seja, um ser que é o poderoso e absoluto em seu poder, ninguém se assemelha a Ele em poder, Ele é o mais poderoso de todos os seres, Ele é o criador de todas as coisas e exerce poder e autoridade sobre todos e tudo, como esta escrito; Deus falou uma vez; duas vezes ouvi isto: que o poder pertence a Deus (Salmos 62:11). É difícil acreditar, um Deus tão poderoso ter um ponto fraco, mas Ele tem, e qual é o ponto fraco de Deus, - Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus (Salmos 51:17).

  Veja amigo; este é o ponto fraco de Deus, Deus não suporta quando um filho como eu e você, se humilha em sua presença, imagine; um Deus que detém todo poder, olhando para um pobre e miserável pecador, imundo de seus pecados, agora de joelho, confessando seus fracassos e lhe pedindo mais uma chance, nesta hora o todo poderoso demonstra uma fraqueza, pois ele não consegue olhar para um pecador nessa condição de quebrantamento, arrependimento, humilhação, de reconhecimento de seus erros, e agora pedindo o seu perdão, Deus não consegue dizer não a esse filho, Deus não consegue virar as costas para esse pobre homem, por mais poderoso que ele seja, Ele não consegue, não socorrer essa criatura.

   Se você se humilhar diante Dele agora, seja qual for a gravidade do seu pecado, não importa o que você fez, o mundo te condena, mas Deus lhe perdoa; Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça (I João 1:9). Essa é a fraqueza de Deus, e esta é a nossa sorte.



      Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte (I Pedro 5:6);



     Disse Jesus; Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens (Mateus 12:31).



    Disse Jesus; Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra (João 8:7)

quarta-feira, 20 de julho de 2011

A CARNE É FRACA

           Então chegou Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani, e disse a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto vou além orar. E, levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu começou a entristecer-se e a angustiar-se muito, então lhes disse; A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui, e velai comigo; E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo; Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres; E, voltando para os seus discípulos, achou-os adormecidos; e disse a Pedro; Então nem uma hora pudeste velar comigo? Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca. (Mateus 26:36 - 41), veja, Jesus vai a um lugar para orar, leva os seus discípulos, chegando lá, deixa-os em certo lugar e vai um pouco adiante, e tendo orado volta e encontra os discípulos dormindo, neste momento Jesus chama a atenção dos discípulos; Então nem uma hora pudeste velar comigo? Ora os discípulos estavam cansados e não conseguiram ficar orando com Jesus, dormiram, e é neste contexto que Jesus vai proferir a célebre frase, A CARNE É FRACA, veja sobre que carne Jesus esta falando, o corpo dos discípulos que estavam cansados, aponto de eles não conseguirem passar um tempo de oração com Jesus, as vezes isso acontece conosco, estamos tão cansados que ajoelhamos para orar em nossa cama, que dormimos e não oramos, o nosso espírito ate esta desejoso de um momento de oração, de comunhão com Deus, mas o corpo esta cansado, nisso esta a fraquesa da carne (corpo); isso já aconteceu comigo, essa é a fraqueza da carne que Jesus estava se referindo, e não a interpretação errada de muitos, o sujeito peca e diz; a carne é fraca, como diz um certo pregador, e quem disse que pecar fortalece a carne.


Portanto ai esta a definição de a carne é fraca, proferida por Jesus.

DEUS PESA A MÃO?

          É complicada a teologia que defende um Deus de amor, mas que também é um Deus vingador; quando suas criaturas lhe obedecem Ele lhe dá tudo, mas quando suas criaturas lhe desobedecem ele ate mata, é claro que eu não estou falando no sentido geral das coisas, mas eu quero me referir não às criaturas, mas aos filhos de Deus, quem são os filhos de Deus? na teologia cristã, os filhos de Deus são aqueles que reconhecem e admite Jesus o filho de Deus como salvador de suas vidas como esta escrito; (João 1:12) - Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; este é o meio segundo a bíblia para uma criatura passar a ser filho de Deus, na verdade todos, absolutamente todos são criaturas, feitos pelas mão de Deus, mas aos que crêem em Jesus, e obedecem os seus ensinos, recebem o direito de se tornarem filhos de Deus, esta é uma questão que precisa ser esclarecida para muitas pessoas, mas a partir do momento e que uma pessoa passa a ser filha de Deus através de cristo, a verdade é que há uma mudança de tratamento entre Deus e esta pessoa, para esta pessoa agora, Deus se apresenta a ela como um pai, como um Deus que ama, um Deus de amor e não mais um Deus vingador, Deus não pode ter duas faces para com esta pessoa, isto faz parte da natureza de Deus,ser um Deus de amor no sentido mais completo da palavra, para com essa nova criatura.          
       O juízo de Deus é sobre aqueles que rejeitam a sua vontade, é sobre aqueles que lhe desobedecem deliberadamente, o juízo de Deus é sobre as criaturas que não lhe obedecem em condição alguma, mas apartir do momento que uma criatura ouve o seu chamado e entra num relacionamento com Ele, o juízo de Deus que esta sobre os desobedientes é retirado de sobre a vida dessa pessoa, Deus tem agora um novo modo de tratar com essa criatura, ela agora, não é mais simplesmente uma criatura, mas agora filho de Deus, ela será tratado como filho, e o tratamento de pai para filho é muito diferente.
           Todo pai trata o filho com amor, todo pai quer o melhor para o seu filho, veja o que Jesus disse sobre o relacionamento entre pai e filho; (Mateus 7:9) - E qual de entre vós é o pai, que se o filho pedir pão lhe dará uma pedra, E se pedir peixe, lhe dará uma serpente? Que pai faria isso com o filho, agora veja a análise de Jesus em relação ao pai terreno e o pai celestial; (Mateus 7:11) - Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem? Veja Jesus apresenta Deus como um pai bom, justo que ama seus filhos, mas como disse a escritor aos Hebreus; porque, que filho há a quem o pai não corrija? (Hebreus 12:7) Porque o Senhor corrige o que ama (Hebreus 12:6).
          A teologia do “Deus pesa a mão” é usada para criar nas pessoas uma guerra psicológica, é uma forma de impor uma vontade sobre a outra pessoa, uma forma de coagir, alguém cria um trabalho na igreja e quer que todos participem daí ele usa a arma, quem não vier, Deus vai pesar a mão, é uma forma usada por todos aqueles que querem alcançar um objetivo pessoal, mas não tem carisma, então apela para um Deus vingador, e isso vale para muitas outras situações dentro do contexto religioso.
           Onde esta a liberdade em cristo que pregamos em cristo? Que cristo é esse que liberta, mas ao mesmo tempo oprime? Sim, porque se a pessoa não coloca a igreja em primeiro lugar, Deus vai pesar a mão, o pai trabalha de segunda a sábado, domingo ele não pode ir com a família a um passeio, porque tem escola dominical, e se ele não for a escola dominical um domingo no mês, Deus vai pesar a mão sobre ele, pode ate sofrer um acidente se ele for ao passeio com a família, a mulher é levada a abandonar sua casa e seus filhos pra estar em reuniões de oração, visitas, eu não estou me colocando contrario a estes programas da igreja, não! Não pense isso, na minha igreja tem oração das mulheres, tem grupo de visita, mas se alguma delas não pode participar, seja de alguma, ou de toda programação, eu jamais vou oprimi La com a arma dos desalmados, ameaçando a, dizendo que Deus vai pesa a mão, as pessoas devem freqüentar todo e qualquer trabalho da igreja, por vontade própria, por amor, porque se sente bem fazendo, porque gosta, e não por pressão psicológica apresentando a ela um Deus carrasco. É dever de todo crente participar dos trabalhos de sua congregação, há uma orientação na bíblia, que o texto refere se ao pastor, ai o pastor toma esse texto para si, e aproveita pra oprimir os outros, é o texto de Hebreus 13:17 que diz; Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil. Veja o escritor fale não fazer o pastor sofrer, de modo que ele não faça a obra de Deus gemendo, e o pastor que faz a ovelha fazer a obra gemendo, será que não tem um texto pra ele? Tem; tem sim, e quem disse foi Jesus, (Mateus 7:12) - Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, se eu como pastor quero que minhas ovelhas não me façam sofrer, eu também não devo fazê-las sofrer, por isso que em muitos lugares se vê o trabalho sendo feito, mas não se vê resultados.
             O crente deve ter o prazer de esta nos trabalhos da igreja, ele não pode esta submetido a uma opressão, a uma obrigatoriedade, incrível como somos convenientes, vez por outra quando nos é conveniente, pregamos a célebre frase, não é por força, mas pelo Espírito de Deus, será que essa expressão não se aplica aos crentes em relação aos programas da congregação, observe os amigos que as igrejas que mais crescem hoje, são aquelas que não incomodam as pessoas, estas igrejas oferecem atrações musicais de qualidade, e pregações altamente estimulantes e as pessoas estão migrando para essas comunidades, é claro que a opressão esta lá, mas não de forma explicita, mas sutilmente psicológica, haja vista que os ofertórios dessas comunidades são demasiadamente opressivos, quem não dá uma oferta gorda, Deus fecha o céu sobre ele, às pessoas depois de um momento de adoração com cânticos e frases de efeitos emocionais, entram em pânico ao perceber que não tem como pagar por aquele espetáculo assistido ate aquele momento do programa, é triste como a opressão faz parte da vida dos crentes.


Deus é amor.


Falaremos mais sobre o assunto.


Ate já

terça-feira, 19 de julho de 2011

ESTAR NO ALTAR É O MEU SACRIFÍCIO.

        Sacrifício é para quem não esta no altar, e o que é estar no altar, talvez você pense que estar no altar, é estar no altar de um templo, seja adorando, orando num pensar exagerado alguns passaria o dia ali no altar, engana se que porventura assim pensa, pois você pode estar perto do altar do templo ou ate mesmo encima do altar, mas não estar verdadeiramente no altar                 
     


 Porque pessoas vivem uma vida de sacrifício? eu não estou me referindo ao sacrifício que faz parte do dia a dia de um ser humano, estou falando de pessoas que vive em constante guerra espiritual, fazendo sacrifícios e mais sacrifícios para obter de Deus um benefício, uma benção, uma vitória, ao observar as orientações que vem da palavra de Deus, o que eu preciso na verdade é de colocar a minha vida no altar, esse é o meu sacrifício, ter a minha vida no altar de Deus; e o que é ter a vida no altar? é andar na contramão deste mundo que segundo Jesus jaz no maligno, veja o que a bíblia nos orienta (Romanos 12:1) - ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. Apresentar o nosso corpo a Deus como sacrifício santo e agradável, veja as pessoas não consegue fazer um sacrifício de não pecar, e aqui fala do corpo, e quais são os pecados cometidos no corpo, (Gálatas 5:19) - Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, as pessoas não querem abrir mão dessas coisas, querem viver uma vida de adultério, de prostituição e etc. Essas pessoas quando querem alguma coisa de Deus, são sempre levadas a lançar mão de sacrifícios, porque? porque na maioria das vezes não são mão abertas para a casa de Deus, quantas pessoas pagam de R$ 40 a 100,00 para estarem em um motel adulterando e prostituindo, mas quando chega na casa de Deus, não tem coragem de colocar R$ 5,00 de oferta, elas catam as moedas, isso porque a menor nota é de R$ 2,00, elas dão ate R$ 100,00 ou mais pro dono do motel para passar algumas horas ali pecando, mas não da nem R$ 5,00 na casa de Deus onde ele pode através de uma palavra sair dali abençoado, ai alguém vai dizer como esse pastor sabe do preço do motel, simples! é só olhar a placa bem grande com os preços a vista de quem passa na estrada, a maioria para captar cliente faz isso, coloca uma placa bem grande! Mas veja querido a capacidade das pessoas, tem mais para o pecado, do que para a casa de Deus, porque as ofertas são para manutenção da casa de Deus, e eu estou falando aqui pra crente, é crente quem  faz isso, o não crente não, ele não tem esse conhecimento.
     Vida no altar, a bíblia continua; (Romanos 12:2) - E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Conformar aqui, é entrar na fôrma, ser igual, viver como, andar como, se adequar, se encaixar e a palavra mundo aqui é "sistema", então, é não se encaixar nesse sistema corrupto, sistema de pecado, sistema de totalmente fora dos parâmetros divino, mas transformai vos, é preciso passar por uma transformação, tem pessoas que vem para cristo, mas não passam por uma transformação, são pessoas que não entregaram suas vidas de fato e de verdade a cristo, porque todos que entregam sua vidas de fato e de verdade a cristo, recebe Dele uma transformação jamais experimentada fora Dele, e que transformação é essa, uma renovação do entendimento, antes a pessoas entendia que a vida era como ela vivia, agora transformada e entende que a vida é segundo os preceitos de Deus, veja; (II Corintios 5:17) - Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. Tudo se fez novo, é uma nova pessoa, e sendo uma nova pessoa ela vai experimentar a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus (Romanos 12:2). Veja; a vontade de Deus para a sua vida é; boa, agradável e perfeita, mas para ter acesso a essa vontade de Deus é preciso não se encaixar no sistema do pecado e esta no sistema de Deus; (I Pedro 1:16) - Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.
          Veja ser santo é um requisito de Deus para nós, Deus exige de nós santidade, esse é o sacrifício que Deus exige de nós, sede santo, quem não faz esse sacrifício de ser santo, tem que fazer sacrifícios afim de receber alguma coisa, isso se receber, pense nisso, meu sacrifício é minha vida no altar.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Cade a igreja do senhor Jesus?

 “Um trem fora dos trilhos” assim podemos considerar a igreja no contexto atual, aos 44 anos me vejo procurando pela igreja de Cristo, aquela em que nasci, fui instruído, recebi os primeiros ensinos, me lembro que as pessoas aceitavam a Jesus para terem os pecados perdoados, a vida transformada e a salvação da alma do inferno, os ar-livres, as cruzadas de evangelismos, e as mensagens eram quase que sempre a mesma, Jesus cristo salva, liberta, batiza com Espírito santo e leva o pecador arrependido para o céu, me lembro dos textos que eram pregados, João 3,16, Mateus 11,28, Lucas 19.5, parece que ouço, os pregadores em sua simplicidades dizendo; e Zaqueu recebeu Jesus gostoso, e as almas vinham a Jesus chorando, havia de fato um agir do Espírito de Deus.
        É bem verdade que a religiosidade era muito forte, a questão dos costumes, das proibições, o lado negativo é que as pessoas que vinham a cristo eram colocadas numa fôrma muito estreita sufocante, mas o lado positivo é que o evangelho pregado era verdadeiro, hoje quebraram a fôrma, tiraram as proibições e os costumes, mas esqueceram de manter o verdadeiro evangelho, parece que quando abandonaram o lado negativo, deixaram o positivo escapar, o trem saiu dos trilhos.          
         Hoje pra ter uma igreja bem freqüentada e preciso o maior malabarismo, a maioria lança mão de idéias que. sabe La Deus de onde essas idéias surgem, é tanta invenção que eu penso que o senhor Jesus esta aborrecido em vê o nome dele escrito nas faixadas e sendo citado nas pregações dessas igrejas.
          O senhor Jesus não usou nenhum artifícios para os milagres operados, infelizmente muitos hoje estão lançando mão de alguns textos mal interpretados para agirem em nome de Deus e manipular milagres, vejamos alguns fatos, em atos 19; 10,11,12; há um relato de que o apóstolo Paulo pregava a palavra de Deus na Ásia e Deus através das mãos de Paulo fazia maravilhas extraordinárias ; E Deus pelas mãos de Paulo fazia maravilhas extraordinárias (Atos 19:11) e o versículo seguinte vai dizer que; De sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saíam (Atos 19:12). Vamos fazer uma análise do que esta escrito; a) Paulo pregava a palavra do senhor Jesus, b) Deus usava as mãos de Paulo para fazer maravilhas extraordinárias, essas maravilhas não partia de Paulo, Paulo apenas pregava a palavra do senhor Jesus e Deus agia através de Paulo para fazer as maravilhas, as maravilhas não estavam na pretensão de Paulo ou seja, Paulo não chamava o povo para receberem as maravilhas, ele apenas pregava a palavra do senhor Jesus cristo, e Deus operava as maravilhas através dele, Vejamos o versículo seguinte; De sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saíam (Atos 19:12). O texto informa que os lenços e aventais de Paulo eram levados pelas pessoas para tocar os doentes, note que já havia naquele tempo uma pré-disposição do povo em usar objetos como os lenços e aventais do apostolo para provocar o milagre, o texto não dá a entender que Paulo fazia isto, mas que o povo tirava dele os pertences, outra coisa precisa ser considerada neste texto, os lenços e aventais se levavam do seu corpo, isso mostra que o que o povo levavam, era de próprio uso do apostolo, não que o apostolo comprasse um caminhão de lenços e aventais para distribuir ao povo a fim de receberem o milagre, em nenhum momento da história  Jesus e os apostolos ensinan isso que estamos vendo hoje, é copo d’água, vara ungida, sabonete, sal grosso, galho de arruda, fitinha, estrela, escada, corredor de homens, milagre de Mara, fogueira santa, campanha de monte, campanha de Jejuns, sacrificar Izaque, pedra, mel, unção da lama, ate seção do descarrego, isso não é macumba? Esses que fazem isso precisam ler João 8, 32, palavras de Jesus; E conhecereis a verdade e a verdade vos libertara.
          No meu tempo de criança, quando a igreja ainda estava nos trilhos, a igreja vivia muito mais milagres que hoje, e os milagres eram autênticos, curas de aleijados, cegos, mudos, surdos e isso acontecia na maior simplicidade, eu tenho saudades desse tempo, é por isso que eu no consigo entrar nesse novo modelo de igreja, precisamos voltar aos tempos apostólicos, precisamos colocar a igreja nos trilhos do evangelho de Jesus, porque o que estamos vendo ai, digo com toda propriedade “não é a igreja de Jesus” pode ser a igreja dos bispos e bispas, pastores e pastoras, apóstolos, missionários e missionárias, semi-deuses, Jesus jr, bispo primás e etc., menos de Jesus.

AMARGO - PAZ E VIDA OFERECE “O MILAGRE DE MÁRA”

              Pois é meus amigos,  esta ficando cada vez mais difícil
  entender o evangelho anunciado hoje nos púlpitos de nossas igrejas evangélicas, preciso admitir que, como todo ser humano, sempre tive como referencial, alguns “homens de Deus” entre os quais esta o líder da igreja paz e vida, que depois de admira-lo com um grande pregador do evangelho, tive o desprazer de ouvir uma chamada comercial de sua igreja em uma grande rádio do rio de janeiro, de uma grande reunião onde o povo receberia o milagre de “Mara”, e o que me chama atenção é que o nome Mara significa “amargo”, partindo desse principio, o povo estará recebendo o milagre do "amargo" agora, fica aqui a pergunta, onde vai dá isso? porque apartir do momento que se começa a inserir personagens na liturgia da igreja, já já, teremos inseridos nessas igrejas que se descambam para esses movimentos o que a igreja romana fez a séculos atrás, presumo eu que depois de Mara, pode ser a vez de Maria, ai poderão se defender dizendo que estou criticando sem conhecimento de causa, ou, sem saber o que vai acontecer lá, sim eu sei que é estratégia de marketing, mas o titulo me assusta “milagre de Mara
            Eu prefiro como cristão "os milagres de cristo" penso eu que, quando eu precisar usar desses artifícios para trazer o povo  para a igreja em que pastoreio, é porque o cristo já não esta lá, sou pastor a dois anos, e em nossa igreja ainda não alcançamos cinqüenta membros, considerando que já passaram por nossa igreja dezenas de pessoas, mas o que encontraram não é o que procuravam, campanhas, milagres, retete, mas sim a palavra de Deus, a palavra que liberta, cura, salva, transforma.

AD Ministério da ReconciliaçãoEstamos comprometidos com o evangelho de Cristo, e com o Cristo do evangelho.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Quanto vale uma vitória?

 Estamos ligados a uma teologia do "é dando que se recebe" o que não é uma coisa ruim, é um principio bíblico que o próprio Deus praticou quando colocou o plano da redenção em ação, antes de trazer o homem de volta a si, ele deu o seu filho como esta registrado em João 3,16, porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, o que muitos não compreenderam é que Deus fez algo que é definitivo, um sacrifício que nos livra do sacrifício, e quantas pessoas no meio evangélico tentando comprar uma vitoria.


Algum tempo atrás, quando começou o modismo do orar no monte, os grupos que assim faziam, faziam segundo eles; para receber poder, receber dons espirituais, batismo com Espírito santo e não descartando é claro, o “sacrifício”, os da teologia do monte, se baseiam no fato de Jesus orar no monte, o que me chama atenção é que Jesus orou também no vale, e eu não conheço grupos que oram no vale, com tempo esse fator orar no monte começou a ser utilizado como idéia de poder, autoridade, santidade, daí pessoas que segundo se sabe, viviam ate em pecado de adultério, mas dada a oração no monte, era reverenciada como homem ou mulher de Deus, o que sugere “inversão de valores” uma pessoa dessa quando chegava na igreja ou em qualquer outro lugar, faltavam pouco colocarem tapete vermelho e uma cadeira de ouro para tal pessoa, orar no monte virou sinônimo de santidade, poder, intimidade com Deus e etc. hoje essa idéia ainda esta inserida nos adeptos do monte,porem acrescentada agora a busca pelo sobrenatual. Alem dos poderes proféticos, como alguém que conheci que foi no monte, e um profeta do monte jogou azeite na cabeça dele,e disse que ele era pastor, e este; desceu do monte e rebelou-se contra seu pastor porque segundo ele, um homem de Deus no monte havia ungido ele a pastor. Essa é uma das aberrações que acontecem a esses grupos que sobem monte. Eu não descarto as pessoas sérias que sobem monte para uma oração solitária, o que alias era o motivo pelo qual Jesus orava no monte, o que levava Jesus a orar no monte não era nenhum poder no monte, nem ficar mais alto e por isso mais perto do Pai, e muito menos sacrifício, o que levava Jesus a orar no monte, e no deserto, era praticamente talvez a única forma de Jesus ficar a sós com o pai, é só lê os evangelho que narram a trajetória de Jesus aqui na terra, e vamos concluir que o povo não dava sossego a Jesus, onde Jesus estava a multidão estava perto para vê e receber os milagres, por isso quando Jesus desejava falar com o pai num momento de intima comunhão, ele se ausentava da multidão e normalmente ia para lugares desertos, entre estes lugares desertos o monte, mas quando ensinou sobre oração veja qual foi a ordem; Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente (Mateus 6:6).

  Não há nenhum texto nos quatro evangelhos, em que  Jesus ensina orar no monte, o que há sim, é Jesus fugindo da multidão para ficar a sós com o Pai; E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já à tarde, estava ali só (Mateus 14:23). Jesus orava a sós, ate mesmo quando levou os discípulos, chegando ao monte os deixou e foi orar a sós, - Então chegou Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani, e disse a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto vou além orar (Mateus 26:36). Se Jesus tivesse a intenção de ensinar os discípulos orar no monte, ele teria levado os discípulos com ele para o local onde foi orar, e orariam juntos, mas ele disse aos discípulos; Assentai-vos aqui, enquanto vou além orar (Mateus 26:36). Se por um lado o fato de Jesus orar no monte, é um pretexto para alguém orar também no monte, por outro lado é preciso considerar que não se deve orar em grupo, pois Jesus não orou em grupo com os discípulos.
              
O assunto é muito vasto, e é preciso se deter ao foco do qual desejamos abordar nesta ocasião, é que o orar no monte hoje, tomou uma conotação de sacrifício para se receber bênçãos, milagres ou provocar o sobrenatural, pessoas sobem montes hoje pelas mais diversas necessidades, para reatar casamento, libertação do marido, da esposa, dos filhos, e veja o absurdo, pessoas que vão ao monte para através desse sacrifício tomar o marido da outra e vice versa, é, isso não é exagero não, isso acontece mesmo. Ou seja, o monte tornou se a forma mais usada para se conquistar uma vitória seja em que área for da vida; sentimental, financeira, saúde, afetiva, emocional, profissional e etc. agora o mais incrível é que alguns anos atrás não era qualquer um que podia ir ao monte, os que freqüentava tocava o maior terror dizendo, que quem não tivesse na santidade não chegava nem no pé do monte, tinha crente que não se atrevia acompanhar os que subiam por medo da mão de Deus, era tanta coisa que se ouvia; hoje, qualquer pessoa vai ao monte, crente e não crente, pra se vê como o fanatismo tomou conta dos que são adeptos da pratica do orar no monte, se antes o monte era lugar de santidade, hoje é lugar de conquistar vitória, será?


Será que é preciso mesmo ir orar no monte, para conquistar vitoria?
Será que orar no monte tem mesmo, todo esse poder?
Qual a diferença entre, orar no monte e orar no quarto?


 Veja que logo após Jesus ser assunto ao céu, os discípulos foram orar no templo, E PEDRO e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona (Atos 3:1). O que nos chama atenção, é que em muitos casos os montes estão cheios, e os templos vazios.


Em breve continuaremos o assunto.

terça-feira, 28 de junho de 2011

QUAIS SAO AS ARMAS DA IGREJA DE JESUS

   Veja o momento que estamos vivendo em nosso país, desde as diretas já, o movimento que mudou a história política do Brasil no século passado, a nossa nação tornou-se um palco de manifestações populares, daí as greves que fortaleceu os sindicalistas, dos quais, a maioria estão no poder, em seus cargos políticos, e esqueceram das lutas que os promoveram e os colocaram onde estão hoje, daí outras manifestações que resultaram em conquistas para a sociedade brasileira como num todo, os manifestos, contra o armamento, pela paz, pela segurança e outros, e os mais recentes promovidos pelos homossexuais e agora pela legalização da maconha, veja; não estou me posicionando contra, nem como critico a esses movimentos, mas quero ressaltar que essa moda pega, e ate a igreja já aderiu o movimento e pos a cara na rua para também dizer que tem direitos, agora o que me faz pensar sobre o assunto é, será que estamos lutando legitimamente, será que esta é a arma que a igreja deve usar, vejamos o que nos orienta a bíblia? - Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas (II Corintios 10:4); será que a igreja deve mesmo ir as ruas fazer manifesto contra leis e movimentos populares,

             No artigo anterior a esse, falamos sobre a igreja que tem medo da cadeia, e agora queremos falar sobre as armas que temos para lutar contra as hostes infernais, que tentam de todas as formas paralisar a igreja do senhor Jesus neste século, onde o pecado esta tomando forma de iniqüidade, e o mundo já tem assistido manifestações da ira de Deus, porem por terem os seus sentidos endurecidos, não estão entendendo a mensagem do todo poderoso, vejamos o que Paulo vai dizer; - Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais (Efésios 6:12).
           A nossa luta não é na esfera humana, a nossa luta não é contra grupos de minorias que tentam através de leis que saem dos pensamentos humanos, revogarem as leis que saíram da vontade daquele que onipotente, daquele que, da a vida e tira, que eleva e abate, que traz a existência e faz desaparecer, a nossa luta é contra os principados, quem são os principados, seriam eles os poderosos políticos? Contra as potestades, contra os príncipes das trevas, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
            Paulo esta falando de uma guerra, interior, a maldade esta no interior do homem, e nesta guerra, uns lutam para se livrar da maldade, porem outros lutam para se embrenhar cada vês mais na maldade, uns querem se libertar da escravidão do pecado, e outros querem ser mais escravos ainda, e a igreja conta quem esta lutando, e que arma esta usando?
            A nossa luta é contra o pecado, e a nossa arma é a pregação da palavra, reforçada com a oração, a nossa luta não é contra o congresso, o senado, a presidência e o judiciário, muito menos contra aqueles que defendem aquilo que nós repudiamos, veja que a coisa é de ordem espiritual, e nos estamos encarando na esfera humana, e o que estamos causando? Os grupos que lutam por supostos direitos, estão nos taxando como preconceituosos, discriminadores, e isso esta suscitando ira, revolta neles, a igreja se continuar agindo na esfera humana, usando as armas carnais, esta se sujeitando a tornar- se insuportável por esses grupos, já somos considerados fundamentalistas e outros adjetivos que são usados contra nós, o que fazer agora, parar, deixar de mão? Não! É hora de usar as armas certas, e quais são as armas corretas? A bíblia responde; Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas (II Corintios 10:4
            Vejamos alguns exemplos da igreja neotestamentária, Pedro e João estavam pregando no pátio do templo, e veja a pregação de Pedro, (Atos 3:13) - O Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, o Deus de nossos pais, glorificou a seu filho Jesus, a quem vós entregastes e perante a face de Pilatos negastes, tendo ele determinado que fosse solto, Mas vós negastes o Santo e o Justo, e pedistes que se vos desse um homem homicida, E matastes o Príncipe da vida, ao qual Deus ressuscitou dentre os mortos, do que nós somos testemunhas.
             Imagine Pedro falando isso, que mensagem dura, acusando o povo de ter matado o filho de Deus, tinha que ter coragem pra falar assim, mas Pedro agora esta cheio do poder do Espírito santo, isso foi depois do petencostes, e quando Pedro esta pregando o que acontece; (Atos 4:1) - E, ESTANDO eles falando ao povo, sobrevieram os sacerdotes, e o capitão do templo, e os saduceus, Doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dentre os mortos, E lançaram mão deles, e os encerraram na prisão até ao dia seguinte, pois já era tarde.
            Pedro e João são presos nesse momento porque estavam ensinando a palavra de Deus, mas veja o que acontece; (Atos 4:4) - Muitos, porém, dos que ouviram a palavra creram, e chegou o número desses homens a quase cinco mil. Veja irmãos, muitos creram, e quase cinco mil foram salvos, eu disse a pouco atrás que, uns querem se libertar da escravidão do pecado, e outros querem ser mais escravos ainda, veja na multidão dos que ouviam Pedro, muitos creram, ou seja, o exemplo de Pedro deve ser seguido por nós que devemos pregar a palavra, muitos crerão, porem outros não.
            Ai alguns de nós vai dizer, mas estão querendo no impedir de pregar, as leis que estão querendo promulgar é para calar a nossa boca, sim eu sei, fizeram isso com Pedro e João, vamos continuar o relato? (Atos 4:5) - E aconteceu, no dia seguinte, reunirem-se em Jerusalém os seus principais, os anciãos, os escribas, E Anás, o sumo sacerdote, e Caifás, e João, e Alexandre, e todos quantos havia da linhagem do sumo sacerdote. E, pondo-os no meio, perguntaram: Com que poder ou em nome de quem fizestes isto? Então Pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: Principais do povo, e vós, anciãos de Israel, Visto que hoje somos interrogados acerca do benefício feito a um homem enfermo, e do modo como foi curado, Seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, aquele a quem vós crucificastes e a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome desse é que este está são diante de vós. Pedro outra vês abre a boca e começa a dizer a verdade, eita Pedro corajoso! Veja qual foi a decisão dos poderosos da época; (Atos 4:17) - Mas, para que não se divulgue mais entre o povo, ameacemo-los para que não falem mais nesse nome a homem algum. E, chamando-os, disseram-lhes que absolutamente não falassem, nem ensinassem no nome de Jesus. Veja o que os poderosos queriam , que Pedro e João não ensinassem as palavras de Jesus, mas qual foi a atitude de Pedro e João?
           Pedro como líder não fez como alguns lideres de hoje, Pedro não convocou o povo para um manifesto diante do sinédrio pra gritar, não queremos ser amordaçados, fora a lei do "cale-se"; ja pensou a igreja cantando ou, clamando, "pai, afasta de nós este cale-se"  Pedro e João  assumiram a responsabilidade, diante dos poderosos tomando  a palavra e disseram; (Atos 4:19) - Respondendo, porém, Pedro e João, lhes disseram: Julgai vós se é justo, diante de Deus, ouvir-vos antes a vós do que a Deus; Porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido. Que venha as leis, antes importa obedecer a Deus,

Ate breve.